24 maio 2018

Quando a vida requer paz

Sabe aquele sentimentozinho de quando nada de ruim acontece, mas nada de grandioso também dá as caras? É como se estivéssemos em perfeito equilíbrio, tentando entender o por quê de tudo ser tão 8 ou 80. Hoje acordei assim, no sossego. Sei que, mesmo se o dia for um inferno, meu bom humor ainda vai prevalecer, minha paciência vai me guiar e, se duvidar, abro um sorriso para os tropeços. Não que eu esteja plena ou feliz demais da conta, mas estou em paz comigo mesma e com o mundo. Tô em trégua com a vida.
A verdade é que a gente perde muito tempo se preocupando com coisas de menos, enquanto que o importante passa despercebido, quase como um vulto em dias nublados. E, pior do que isso, é saber que deixamos passar. Não notamos. Ficamos, em vez disso, reclamando de barriga cheia, porque "aquela droga daquele negócio deveria ter dado certo", mas, veja bem, não deu. Não era para dar. Vida que segue, sabe? E, aliás, falo isso para mim mesma também, que erro tanto quanto todo mundo. Talvez até mais.

Uma coisa que aprendi com o tempo é a escutar, mas não levar tudo que ouço para a vida, e isso inclui até mesmo conselhos alheios. Tem coisas que, simplesmente, não valem a pena. Não valem a tristeza, o estresse, a cara amarrada ou o mau humor. Não valem o tempo. Não valem, principalmente, as noites mal dormidas e as olheiras no outro dia logo cedo. Cada um sabe de si e do que carrega por aí. Se me orgulho do que sou e de como deixo minha marca no mundo, palavrão, roupa, cabelo ou luxúria não me tirarão a beleza de continuar sendo. 

A vida não é sobre isso.

A vida é sobre dias assim, em que a gente simplesmente não se importa com as adversidades, com os problemas ou com as dores de cabeça. É quando o café tá forte demais, mas isso nos acalma. É quando aquele abraço sufocante se torna um abrigo reconfortante. É quando o olhar torto daquele indivíduo mal-humorado vira graça. É quando o "bom dia, flor do dia" vira um carinho. É quando tudo vira de ponta cabeça, mas continua tudo bem, tudo em paz.

3 comentários:

  1. Amei esse texto! Até mandei pro meu namorado ver. É realmente disso que eu to precisando: levar a vida de modo tranquilo, se estressar, se preocupar menos com problemas pequenos (igual aquela musica Epitáfio). Enfim, amei muito!

    Beijos, Gi.
    Blog Dicas da Gi

    ResponderExcluir
  2. Que texto mais lindo. As vezes eu sumo daqui, mas sempre volto pra me encantar com suas palavras. Adorei de mais, de verdade. Eu estou em uma faze da minha vida muito de boas com o que acontece. E isso é tão bom, tão libertador.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Tem coisas que quando não vingam , não vingam para o nosso bem.

    Uma vez eu fiquei super chateada por não ter encontrado alguém com um perfil de gerente de escritório para a nossa empresa. Tinha uma moça que eu queria muito que ela entrasse para a nossa equipe, mas no tempo ela não se sentiu segura.

    Meses depois ela teve que resolver um pepino tão grande na família que tomou todo o seu tempo e ainda o toma, ou seja, eu ainda teria o mesmo problema que tinha antes, mas pagando alguém que não teria cabeça para efetuar as tarefas que o cargo exigia.

    Beijos

    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤