12 dezembro 2017

Precisava de Você, de Pedro Guerra

As poucas obras que conhecia da Belas Letras não chegavam a me seduzir ao ponto de querer saber mais. Agora, depois que tive a oportunidade de vivenciar as histórias publicadas pela editora, sinto que descubro uma coisa diferente do mundo literário a cada dia. Precisava de Você, por exemplo, é um livro que já estava na minha lista de desejados há algum tempo, mas só este ano pude lê-lo. E sabe qual foi a parte positiva disso, mesmo com minha classificação não tão boa? É que a história me fez esquecer os problemas, a pilha de livros da monografia e a pressão de tomar um rumo. Talvez seja por isso que me apego tanto à literatura.
Lola Tavares precisava vomitar todos os seus sentimentos com relação à Gabriel. Depois de uma experiência nada positiva, ela pega um caderno e despeja sua história. Era um dia comum depois da faculdade. Lola estava parada no ponto de ônibus quando avistou do outro lado da rua o garoto mais charmoso do mundo aos olhos dela. De olhos azuis esverdeados e pose de artista, Gabriel tomou a cabeça e o coração da garota nos segundos que se passaram até a chegada do ônibus.

Título: Precisava de Você
Autor: Pedro Guerra
Páginas: 224 páginas
Editora: Belas Letras
❤ Livro cedido em parceria com a editora
Então está aqui tudo o que eu guardei por algum tempo. A partir de agora eu pretendo escrever, desde o começo, a nossa história (se é que eu posso chamar assim). O nosso (des)romance. Acho que a melhor maneira de se livrar de alguma coisa (neste caso, de alguém) é colocando para fora. Então é isso que eu vou fazer. Eu vou te exorcizar de mim. Que droga. Que droga, Gabriel Vegas. Eu gostava de você pra caramba.
Depois de algum tempo suprindo um amor secreto pelo rapaz, Lola precisou seguir o conselho de seu melhor amigo: era hora de tentar esquecer aquele cara! Entretanto, como se fosse obra do destino, ela esbarra com Gabriel em uma festa e descobre que ele já está comprometido com outra pessoa. Mas é ai que as coisas se encaixam: a namorada de Gabriel é Cassy, uma antiga conhecida de Lola e seus amigos.
Quando Cassy convida o pessoal para seu aniversário, poucas pessoas acabam indo ao evento. Lola faz parte desse pequeno grupo, juntamente com seu melhor amigo e o namorado dele, Gabriel, uma garota estranha e a própria Cassy. Assim, o que deveria ser uma noite sem graça, acaba se tornando um impulso para que Gabriel e Lola se aproximem. Só que a garota não imagina os segredos que o rapaz esconde por baixo do semblante encantador. Ela sequer imagina seu papel na vida de Gabriel.

Precisava de Você é um romance adolescente bastante singelo e direto. A diagramação deu um toque a mais na história, já que é carregada de ilustrações, frases desenhadas e muita personalidade. É como se o livro fosse um diário de Lola, onde ela escrevesse tudo o que viesse na sua cabeça. Assim como em qualquer história do gênero, a obra traz revelações no final, o que surpreende o leitor positivamente. Além disso, a escrita é tão leve que flui de forma absurda.
Apesar dos pontos positivos, admito que a obra não me prendeu como deveria. É claro que eu queria saber o que acontece no final, por isso devorei o livro em poucas horas; só que a história em si se tornou extremamente fútil e clichê. Mesmo eu, que adoro água com açúcar, me senti indiferente com o rumo que ela tomou. Sei que os acontecimentos são bastante comuns no mundo dos adolescentes, mas queria que o autor tivesse desenvolvido a história um pouco mais. Ficaria bem melhor.

Mas é isso! É uma obra simples e que pode agradar muita gente, principalmente pela escrita informal e a linguagem coloquial. Os mais exigentes podem não se apaixonar pela história, mas com toda certeza vão se divertir e se identificar com ela. A Belas Letras fez um trabalho lindo na diagramação e na escolha de cores e fontes. Não tenho um "A" para falar de negativo quanto a obra em si. Acho que minha expectativa me fez desgostar um pouco do livro com relação ao conteúdo, mas valeu a pena ter lido.

18 comentários:

  1. Que suas fotos são incríveis ninguém pode negar, rsrs.
    Eu gosto muito de histórias mais teen, clichê no final.
    Amei a diagramação desse livro, parece que te faz imaginar no meio da roda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diagramação desse livro tem um quê a mais, né? Eu também gostei muito do cuidado ♥ E sobre a história, sim, ela tem essa pegada. É ótimo para quem curte.

      Excluir
  2. Suas fotos ficaram tão boas, eu fiquei encantada! Eu achei a sinopse do livro bem interessante, vou procurar para ler. 💕 Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou das fotos, fico bem feliz ♥ O livro é curtinho e a história é super leve, quem sabe te agrada.

      Excluir
  3. aa que livro mais amorzinho! Eu sou simplesmente VICIADA em romances adolescente. É uma pena que seja TÃO clichê assim.. Mas ainda sim, achei um livro encantador. Pretendo ler! Amei a tua resenha. Como sempre arrasando! Bjos, Marinspira <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a história é de um clichê imenso, mas confesso que a premissa é bem legalzinha. Se gosta de romances assim, com toda certeza vai adorar a leitura ♥

      Excluir
  4. Amo romance, ainda mais livros tão fofos quanto esses. Eu tenho uma coisa, que é assim: se eu ver algum livro com letras, desenhos e detalhes fofinhos, eu quero comprar. Só eu sou assim? Kkkk mas aí, me conta, o final é feliz ou triste? 💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é um mistério e você só vai poder saber se ler iauheiuahe ♥ Mas, falando sério agora, acho que é feliz para a personagem! E não, você não é a única, porque eu também me apaixono fácil por livros com ilustras e bem diagramados.

      Excluir
  5. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Adoro romances água com açúcar também!!! A capa é linda e as imagens que tem dentro são fantásticas, embora eu não goste muito de livros assim. Fiquei encantada com sua resenha e agr eu quero ler esse livro também kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que te deixei curiosa, espero mesmo que você leia ele em breve. Mesmo sem clichê, é daquelas histórias gostosinhas que você se identifica ❤️

      Excluir
  6. Oi, moça.
    Que saudade de passar aqui nesse cantinho. E que bom saber que ele continua lindo e transbordando amor.
    Li esse livro a uns dois anos atrás e ele é tão amorzinho, me lembrou aquela fase do primeiro amor e claro, a primeira dor de ter o coração partido.
    Fotos lindas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudade de ver você por aqui também, Cami ♥ Esse livro lembra mesmo a fase de primeiro amor, acho que isso o torna tão leve e clichê. Mas, ainda assim, é uma história bonitinha e muita gente pode vir a gostar.

      Excluir
  7. Também tenho disso de usar a leitura para esquecer os problemas reais. É como se eu me transformasse no personagem do livro, vivo os dramas dele e esqueço dos meus. Isso me ajuda a resolver tudo com mais calma depois.

    Este livro me chamou atenção por causa das ilustrações, frases... tudo bem diferente da maioria dos livros, achei isso muito fofo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso de poder se enxergar na pele do personagem é uma maravilha, né? A gente acaba se adaptando a mundo diferentes e personalidades distintas ♥ As ilustras e a diagramação do livro em si é um caso a parte, porque realmente o deixou mais atrativo e útil rs.

      Excluir
  8. Perdi o interesse quando disse sobre se tornar clichê demais hahah não gosto de histórias assim. Mas essa diagramação é maravilhosa, digna de se dar uma chance ao livro! Adorei seu post, parabéns.
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente alguns livros tem disso, de se tornarem clichê no meio da narrativa, mas a diagramação realmente é um encanto. Acho que ela vale a tentativa rs ♥

      Excluir
  9. Oi tudo bem? Eu amo visitar esse blog cada vez que venho aqui tem uma novidade mais interessante que a anterior, já estou apaixonada nas suas fotos. Bom, eu não conheço esse livro, mas pela resenha acho que ele não faz o meu gênero não leio clichês há muitos anos, acho que estou em outra vibe agora.

    Beijos e abraços da Vivi
    vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo livros clichês, por mais que reclame de vez em quando dos excessos iauheiauhe. Acho que é porque a gente acaba criando um vínculo com os personagens, né? ♥ Espero que possa ler em breve. Aliás, obrigada pelo carinho.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤