09 novembro 2017

Grumpy Cat: Um Livro Azedo

Quando fechei parceria com a Belas Letras, fiquei imaginando todos os livros bacanas que compartilharia aqui no blog. E não é que a editora tem se mostrado surpreendente? Sempre que chega um pacotinho azul cheio de cuidados aqui em casa, tenho a certeza de que vou esquecer do mundo por alguns dias. Grumpy Cat foi um dos primeiros livros que solicitei, mas acabou atrasando a entrega e resolvi priorizar outras resenhas, só que agora que ele chegou, não consigo mais me conter. Com um toque de bom-humor incrível e muito bem pensado, nosso felino que quebrou a internet algum tempo atrás também me fez amá-lo com todo o seu azedume.
Se você, leitor, for o tipo de pessoa de risada fácil, pois saiba que esse livro vai ocasionar reações adversas. Na primeira passada de olho pelas páginas logo senti que a obra me ganharia em instantes, e foi exatamente isso que aconteceu. Sem mais nem menos, lá estava eu, plena, dando gargalhada de piadas singelas. É claro que, em alguns momentos, o toque do humor se torna mais pesado, com aquele quê de piada forçada ou desnecessária, afinal, estamos lidando com um livro típico do gênero, mas isso não me incomodou e acredito que também não atrapalhe a obra como um todo.

Título: Grumpy Cat: Um Livro Azedo
Páginas: 96 páginas
Editora: Belas Letras
❤ Livro cedido em parceria com a editora
Já vivi sete vidas... Esta é a pior de todas.
Grumpy Cat é o gato mais mal-humorado que você já viu. Neste livro, o fenômeno mundial da internet vai mostrar que ser azedo não é um talento que vem de berço; qualquer um, com muito treino e determinação, pode desenvolver. Aqui, podemos conhecer a breve história do Grumpy Cat (incluindo todos os sonhos que ele já arruinou), descubrir bons motivos para odiar cachorros (e pessoas) e praticar o mau humor em jogos criados especialmente para você se sentir frustrado. Com todas essas dicas, o Grumpy Cat finalmente espera que você o deixe em paz. E, por favor, não se divirta ao ler este livro. Porque se divertir é horrível!
Para quem espera histórias e mais histórias, melhor esquecer a ideia, pois o livro é interativo e se encaixa em uma espécie de álbum com anotações. Ao longo das páginas, temos fotografias intercaladas a pequenas citações, além de atividades para fazer o mau-humor reinar. Eu, particularmente, não tenho palavras para descrever com exatidão meus sentimentos pelo livro. Ao mesmo tempo em que odiava os conselhos do gato, também me identificava claramente com eles. Não sei se deveria me preocupar com isso, mas, por enquanto, vou fingir que está tudo sob controle.
Certamente que a ideia de não se divertir com a obra foi por água abaixo, afinal, é só ler a introdução para se ter uma ideia do nível de azedume. A editora Belas Letras fez um trabalho impecável na diagramação e construção do livro, principalmente por ser em capa dura e as folhas não serem aquelas comuns que, depois de um tempo, começam a amarelar. As atividades montadas também foram bem pensadas, sendo que até as pessoas mais centradas conseguem se irritar com a solução (ou não solução).
Para aqueles que querem sair um pouco da rotina e se divertirem com um livro bacana, esta com toda certeza é uma indicação e tanto. Eu, que sou apaixonada por um bom romance e passo um pouco longe dos outros gêneros literários, me fascinei pelo livro. Quando terminei a leitura (se é que posso chamar assim), queria que todo mundo ao redor lesse também. Não tenho nem ideia de quantas vezes já o indiquei pessoalmente, mas posso dizer que não teve um só indivíduo que não tenha gostado ou simpatizado com a obra. Aliás, é muito difícil resistir a técnica de se tornar azedo. Acho que finalmente dominei essa habilidade.

8 comentários:

  1. Já achei o livro divertido só de ver as fotos que você tirou dele (as fotos ficaram ótimas, aproposito).
    Acho que esse é aquele tipo de livro que eu adoraria ganhar de presente mas que não teria coragem de comprar ele com meu dinheiro hahaha
    Parece ser um bom livro para quando tudo que queremos é ler algo mais simples. Gostei da dica :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá certo receio de gastar comprando um livro assim, né? Mas diria que ele vale super a pena. Sabe quando, mesmo sem intenção, você lê uma coisa e fica mais leve? É tipo isso kk ♥

      Excluir
  2. Meu Deus como eu amo esse livro! Também recebi ele há algum tempo, e adoro cada página hahaha Ele é incrível! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É genial esse livro ♥ Queria mais alguns nesse estilo iauheih. Que bom que também gostou, moça.

      Excluir
  3. Quero esse livro pra ontem, vou adicioná-lo à minha listinha urgente. Tenho certeza que vou rir muito em todas as páginas.

    Abraço!

    https://cotidiano-alternativo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De certeza de que você vai gargalhar com várias delas, porque são sacadas ótimas rs ♥ Espero que consiga ler em breve.

      Excluir
  4. Juro que ri horrores só esses fragmentos das fotos. E que delícia de resenha e entrega! Acho que, acima de tudo, pode ser um livro para analisarmos as nossas próprias reclamações corriqueiras e, justamente, aprender a rir com elas e olhar o quão são pequenas, mesquinhas e o quanto sufocam pontos positivos a serem mais vistos, não é? Uma lindeza! Ainda estou rindo, rs.

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Todas as páginas carregam esse humor, e confesso que mesmo ele sendo meio pesado, me agradou em muito, principalmente pelo que você falou: faz a gente pensar no quanto somos tolos de estarmos sempre de mau humor rs. Espero que encontre o livrinho por aí e se acabe com ele ♥

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤