07 julho 2017

3 aninhos de muito amor

Sabem que dia é hoje? Fazem exatos três anos que resolvi dar um basta no meu turbilhão de sentimentos e colocá-los no papel. Enquanto escrevo este post, fico pensando em todas as coisas que me aconteceram e que poderiam ter feito o Caligrafando-te desmoronar junto comigo, mas que não fizeram. Felizmente, ele foi como um pontinho colorido no meio de dias cinzentos e pesados. Eu já pensei em desistir de tudo isto, mas, cá entre nós, ele nunca desistiu de mim. Não é estranho? Confesso que não sei como estaria a minha vida sem esse amor pela escrita. Talvez eu tivesse um pouco mais de tempo, talvez minhas notas fossem melhores, talvez meu desempenho no trabalho fosse mais centrado, talvez eu fosse um pouco mais comum, mais como todo mundo, mas e aí? Será que eu seria feliz sem toda a loucura que o Caligrafando-te me proporciona? Ora! As melhores pessoas são loucas, piradas da cabeça, não é?
Quando comecei a escrever, ficava pensando em cada palavra que ganhava vida, preocupada com erros ou com opiniões próprias que pudessem magoar alguém. No entanto, com o passar do tempo e de conselhos, me dei conta de que o blog, por mais que seja algo público, é, também, algo muito meu. Acho que é principalmente por conta disso que vocês conseguem sentir cada vírgula do que trago para cá. Aliás, é por conta disso que também não hesito em ser o mais transparente possível. É claro que já apaguei inúmeros textos publicados desde a criação do Caligrafando-te, outros foram reescritos e publicados novamente, mas perceber esse amadurecimento me dá uma sensação boa de que não estou fazendo tudo errado.
Somos compostos por urgências. Eu não arrependo das letras proferidas, não me arrependo do que escrevi algum dia, me arrependo somente daquilo que nunca disse, ou que nunca tive oportunidade de falar.
O trecho acima é meu, de um texto escrito há dois anos atrás. Já pensei em apagá-lo, mas comecei a reparar nos erros de concordância, nas vírgulas fora de ordem e no conteúdo em si. Apesar dos dois primeiros itens estarem fora de questão, o último ainda permanece no coração. Eu mudei e minhas ideias também, mas alguma coisa me faz continuar acreditando que somos compostos por urgências. Já me perguntaram se eu me arrependo de algo que publiquei aqui, talvez por impulso, talvez por contradição, mas querem saber de uma coisa? Eu não me arrependo de nada escrito desde então, assim como também não me arrependo dos momentos insanos que me levaram a passar horas em cima de um único texto. Não me arrependo de ter dado vida ao Caligrafando-te. Na verdade, tenho um orgulho imenso deste cantinho meio bagunçado e com textos antigos repletos de erros gramaticais. Eles marcaram fases indescritíveis dessa pequena parte da minha vida.

Fico aqui torcendo que ainda possa marcar inúmeras outras.

Eu pude aprender muitas coisas ao longo desses três anos, como ser humano mesmo. É justamente por isso que gostaria de agradecer centenas de pessoas que acabei encontrando no meio do caminho, mas vou me limitar em apenas dizer o quanto sou grata por cada indivíduo que me acolheu por aqui. Sou grata por cada texto que li, por cada comentário que recebi, por cada desabafo que pude presenciar.

Vocês têm ideia do quanto fico feliz quando percebo que várias outras pessoas sentem a mesma coisa que eu? O quanto é gostoso saber que aquilo que escrevo possui algum cabimento para a vida de alguém? Pela primeira vez eu sinto que estou fazendo parte de alguma coisa importante, mesmo que pareça bobo, e isso é sensacional.

Acho que nem uma simples frase conseguiria resumir o quanto sou grata e feliz por estar aqui, mas o fato é que há sempre muito amor envolvido. Espero, de coração, que o Caligrafando-te possa continuar tocando inúmeras pessoas por aí, e que eu continue aprendendo um punhado de coisas indispensáveis com vocês, assim como vocês possam aprender lições incríveis comigo também. Se querem saber, três anos é muito pouco para a quantidade de sentimentos que carregamos no dia a dia, então podem ter certeza de que ainda haverá muitos textos melodramáticos, sinceros e com toque de bom humor.

O bom disso tudo é que o Caligrafando-te colore a vida de muita gente, mas vocês criam cada arco-íris na minha

22 comentários:

  1. Vei, parabéns. Três anos é tempo demais, desejo que venha se multiplicar a que você continue nos contagiando com seus lindos textos e nos passando ensinamentos através deles.

    Um beijo!
    Todo sucesso do mundo, você merece!
    www.memorizeis.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece muito tempo, mas quando a gente olha para trás, percebe que é muito pouco perto de tudo que imaginávamos, sabe? Eu também espero que o Calira se mantenha firme e forte por muuuuito mais tempo ♥ Obrigada pelas palavras, moça.

      Excluir
  2. parabens pelo 3 anos, que venham muitos outros <3 <3 <3 <3
    https://dose-of-poetry.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo Kelly <3

    Parabéns pelos três anos de Caligrafando-te e por nunca desistir desse cantinho <3 que venham muitos mais anos de blog!

    Beijos.
    www.verifiqueapagina.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero desistir jamais ♥ Obrigada pelo carinho, moça. Fico muito feliz por saber que gosta disso tudo aqui.

      Excluir
  4. Ai Kelly, que coisa mais linda esse post. Tão cheio de sentimentos. E você está certa ao dizer que podemos sentir cada vírgula que escreve, pois é exatamente desta forma. O meu blog faz quase 1 ano e 6 meses que tenho e já consigo perceber o quanto amadureci, não só no conteúdo abordado, mas também na forma de escrever e me expressar. E eu não me arrependo e nem tenho vergonha disso, por este motivo não excluí nenhum post até hoje. Gosto de saber que cresci com o tempo, que o blog vem evoluindo e é ótimo para as demais pessoas notarem isso também. Creio que seja este o sentimento que tu tens com teu cantinho. Gostaria de dizer que fico muito feliz com os 3 anos do Caligrafando-te. É um dos meus blogs preferidos de textos. Espero que continue com a gente por muito tempo ainda, aliás, aparece mais vezes, sua presença faz falta. Porém, sei que seu tempo é corrido, então entendo.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Gaby, você sempre fala coisas tão bonitas ♥ A gente amadurece muito em tão pouco tempo, não é? Parece que vamos pegando a prática e melhorando um pouquinho a cada dia. Isso é incrível. Tenho certeza de que tem um amor imenso pelo seu bloguito e está mais do que certa de nunca ter apagado nada. Obrigada pelo carinho, pelas palavras ♥ Fico tão feliz, com o coração tão quentinho sabendo disso tudo. É gratificante, sabe? Prometo que vou voltar a aparecer mais vezes por aqui.

      Excluir
  5. Parabéns pelos 3 aninhos de blog ♥. Nem sempre deixo um comentário por aqui, mas sabia que leio todos os seus posts, e um mais é mais cativante que o outro. Que venha muitos anos de Caligrafando-te, e que através dele você possa conquistar muitas coisas boas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, apareça mais vezes, adoro socializar iauehaiue ♥ Muito obrigada pelo carinho, moça. Acho que se for para ter um blog e não colocar sentimento, não tem como, né? Tem que transbordar.

      Excluir
  6. As vezes comemoramos na mente coisas que deveriam ser passadas para o papel. Digo isso porque, como a faculdade para mim andou atribulada, esqueci de fazer meu post de aniversário de blog (cinco anos) e só me recordei desse fato ao ler o seu. Parabéns pelo post, por esse blog lindo que tá na minha barra de favoritos <3 e vou deixar o link do post do meu blog considerando que tu foi gatilho http://sentimentopoeticos.blogspot.com.br/2017/07/alguns-dias-alem-dos-cinco-anos-de-blog.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu super entendo esse teu sentimento ♥ Também andou assim para mim e é bem complicado focar em algo fora desse contexto, mas graças a Deus consegui um espacinho nas férias e tô me readaptando aeiuhaieh. Obrigada pelo carinho. Aliás, parabéns pelos 5 anos do seu também.

      Excluir
  7. Oi Kelly, tudo bem?
    Não sei se você vai lembrar de mim, me chamo Malu, a um tempo atras estive por muitas vezes aqui me encantando e me identificando com teus textos.
    Por motivos pessoais acabei me afastando do meu blog, mas agora voltei e de leitura em leitura em diversos blogs, reencontrei o seu, e posso te dizer que senti uma felicidade enorme ao ver que esse cantinho lindo ainda existe e que você continua escrevendo dessa forma tao leve e maravilhosa.
    Por um momento antes de ler esse post fiquei lembrando de quando vinha aqui diariamente, de quanto esse cantinho já me fez tao bem. Sinto como se o Caligrafando-te fosse uma amiga de infância que eu não vejo a tempos e agora reencontrei em algum dos caminhos da vida.

    Quero te parabenizar pelos três anos do blog e pedir que quando a vontade de largar tudo isso aparecer, respire fundo e lembre que nós, teus leitores NUNCA desistimos de você, pode acontecer de nos afastar um pouco hahah, mas jamais vamos desistir.

    Um beijo e até mais.

    www.20-primaveras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é claro que eu me lembro da sua pessoa, sempre com comentários tão lindos ♥ É uma pena que tenha se afastado da blogosfera, mas, ao mesmo tempo, sinto que isso pode ser bom também, sabe? Talvez você tenha voltado mais segura do que está fazendo e do que gosta de colocar em prática. Eu fico super feliz por saber que voltou e que está curtindo estar de volta rs. Muito obrigada pelas palavras e pelo carinho. Eu fico muito, muito animada por saber de tudo isso, de todo esse sentimento. E espero mesmo que nunca desistam de mim aeiuhaueh, preciso desse pontinho de apoio.

      Excluir
  8. Que texto LINDO e muito verdadeira, dá pra sentir seu amor por ele (e isso é foda demais haha) Eu conheci o blog faz pouco tempo e coloquei nos favoritos, por algum motivo ele me deu mais motivação (e inspiração) pra eu começar com meu novo blog (www.sextadimensao.com). Parabéns pelo conteúdo e os 3 anos, que venham muito mais! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que delícia saber disso ♥♥ Fico bem feliz com esse carinho e por saber que te motivei a criar um blog (aliás, adorei teu cantinho).

      Excluir
  9. Embora eu esteja um pouco distante dos comentários por aqui, sinceramente não sei como seriam meus dias sem os seus posts. Colore a vida, me faz refletir e ficar encantada com a suavidade nas suas palavras.
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, como é gostoso saber de coisas assim ♥ Sinto sua falta por aqui, sabia? Mas me conforta saber que está sempre pertinho.

      Excluir
  10. Oi Kelly! Tudo bem contigo? Faz um tempinho que não passo por aqui ❤

    Em primeiro lugar, quero te parabenizar! O Letras também completa 3 anos nesse mês, e eu fico muito feliz em estar acompanhando o Caligrafando-te desde aquela época, sempre lendo teus textos lindos cheios de sentimentalismo e toda essa delicadeza que tu carrega no blog e nas palavras. 3 anos realmente parece pouco pra tanto sentimento, e desejo muito mais ainda por vir!

    Em segundo lugar, realmente a gente cresce muito ao longo desse tempo, tanto dentro do blog, quanto fora dele. Ter um blog é algo tão bom, que eu já não sei mais como viveria sem. E não temos que nos arrepender mesmo das palavras ditas, afinal, elas fazem parte da nossa história.

    Mil beijos e feliz 3 anos! ❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teu cantinho também tá sempre de parabéns, né? A gente precisa mesmo ter esse orgulho todo do que fazemos com tanto carinho ♥ Fico muito feliz por também estar me acompanhando desde aquela época. É gratificante ver o crescimento de quem a gente acompanha, né? Vi tu crescer muito com o blog e é só orgulho aieuiauhe. E não, não devemos ter vergonha do que já escrevemos ou já falamos. Virão muito sentimentos pela frente e muito textos também. Aliás, parabéns ao Letras ♥

      Excluir
  11. Kelly, feliz que você não desistiu e nem deixou o blog desmoronar. Muito do que eu li por aqui me inspirou para escrever posts novos e renovou minha fé na blogosfera em termos de conteúdos de qualidade.
    Não vai embora não!!!
    Beijos!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que coisa mais gostosa saber disso tudo ♥ Realmente é muito bom quando levamos em frente algo que gostamos de fazer, né? Fico muito feliz por saber que te ajudei com a blogosfera. Não vou nunca.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤