23 abril 2017

Caraval, de Stephanie Garber

Imaginem a seguinte situação: semana de provas, mil textos para entender, trabalhos para fazer, livros de outras editoras para ler, e o que a Novo Conceito propõe? Um desafio, é claro. Até pensei em deixar de lado o convite e focar nas coisas que realmente precisava fazer, mas um convite regado à mágica nunca é fácil de recusar. Resultado: consegui cumprir o desafio. A ideia era fazer com que todos os parceiros lessem Caraval, um lançamento da editora de junho, e que déssemos a nossa opinião até quarta-feira. Considerando que estou escrevendo este post na segunda, acho que deu tudo certo. Quanto ao livro, admito que foi uma experiência bastante peculiar e, porque não, mágica e inesquecível.
Scarlett tinha 10 anos quando começou a escrever cartas ao grande Lenda do Caraval. Ela esperava ansiosamente que ele a respondesse ao menos uma vez, mas enquanto os anos passavam e as suas cartas não recebiam qualquer atenção, a garota cresceu e se submeteu a um casamento arranjado como forma de fugir dos maus-tratos do pai e proteger sua irmã das crueldades que ainda poderiam acontecer. No entanto, quando ela escreve uma carta de despedida ao Lenda, ele a responde com três convites: um para ela, um para a irmã e um para o noivo. Mas os portões fecham a meia-noite e eles precisam estar no lugar indicado para participar do jogo e ganhar o grande prêmio: um desejo. Só que Lenda sabe brincar com as pessoas, e somente aquelas que tiverem coragem e fé poderão chegar ao final.

Título: Caraval
Autor: Stephanie Garber
Páginas: 352 páginas
Editora: Novo Conceito

❤ Livro cedido em parceria com a editora
Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e a irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda, do Caraval, por isso escreveu inúmeras cartas para ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida. No entanto, o convite para participar do Caraval finalmente chega para ela, mas aceitá-lo está fora de cogitação.
Trisda é sua casa, e Scarlett sabe bem disso, mas sua maior vontade desde então é poder sair dali, deixando para trás as palavras rudes e as atitudes sanguinárias do pai, o Governador Dragna, assim como a mãe fez alguns anos antes quando desapareceu sem nenhuma intenção de voltar. Donatella, entretanto, não faz ideia do quanto o pai é capaz. No dia em que Scar recebe os convites e corre para contar para a irmã sobre a carta, encontra-a com Julian, um marinheiro que está de passagem por Trisda, mas que conquista corações por onde passa. Ao contar para Tella sobre o que recebera, ela agarra a possibilidade com força, enquanto Julian se oferece para levá-las, mas Scar sabe o quanto o casamento vai salvá-las e o quanto fugir para o Caraval seria perigoso. No entanto, Tella não tem o mesmo pensamento.
Assim, Scarlett acaba sendo persuadida e sequestrada pela própria irmã para a Isla de Los Sueños, o lugar particular de Lenda. Segundo a avó, Caraval é pura magia, e Scarlett sempre gostou dessa ideia porque a faz acreditar na possibilidade de ser feliz para sempre. Quando acorda, está em um barco com Julian, enquanto Donatella já está na ilha esperando por eles. O barco atraca exatamente no décimo terceiro dia, pouco antes dos portões se fecharem, sinal de que o jogo ainda está para começar. Mas Donatella simplesmente desapareceu, e ela e Julian precisam encontrar uma forma de entrar no jogo.

Diferentemente de como Scar havia imaginado a ilha, tudo estava incrivelmente gelado, desde a água ao redor até a floresta que antecede o pátio central. Apenas com um corpete e congelando de frio, ela e Julian se deparam com casas bastante peculiares de chapéus, encantamento e até uma relojoaria repleta de relógios que marcam o tempo ao contrário. Mas é dentro da loja que ela encontra um bilhete do Lenda, juntamente com roupas secas e comida. Pouco depois, eles estão nos portões do Caraval, um lugar onde tudo acontece e somente aqueles que passarem pelo jogo poderão beber magia em uma taça ou comprar sonhos engarrafados. Só que os dois precisam estar atentos, pois os sonhos que se realizam podem ser belos, mas podem se tornar pesadelos quando as pessoas não acordam. Além disso, Lenda adquire uma personalidade diferente conforme sua reputação. Se ele é visto como um vilão, então ele será um vilão.
Caraval, apesar de ter sido criticado em alguns momentos por remeter ao circo e ao teatro e não fazer exatamente uma relação com isso, na verdade tem, sim, um pouco dos dois. A mistura do histórico do Lenda e a ideia principal do jogo é extremamente ligada à magia e ao encantamento, o que me fez ficar atenta a todos os detalhes desde o começo. Mesmo soando como algo infantil e repleto de referências aos contos de fada, o livro não tem nada de ingênuo. Os personagens são bem construídos e todos sabem trabalhar extremamente bem com a manipulação e com as mentiras. É como se a própria história estivesse envolvida em uma grande nuvem cor-de-rosa repleta de ácido. Minhas primeiras impressões sobre a obra não permaneceram e mudaram a cada instante. Eu mesma me senti usada, mas essa é a parte positiva.
 
Enquanto algum leitores se perderam entre personagens mal construídos, eu me vi fascinada por cada um deles, cada qual com suas características únicas e misteriosas que não podem ser decifradas até o jogo terminar. Apesar de certa repulsa no começo por Julian e a própria Scarlett, ambos se mostraram dignos de atenção. Eu comecei a leitura achando que a história não me convenceria, mas passei de desacreditada a afetada por toda descrição mágica. Confesso que pude ver o cenário por completo enquanto a narração se construía.
O fluxo de leitura se tornou natural e a cada novo desafio eu me senti ainda mais vidrada. Como não tenho a obra física, não sei exatamente como ficou a diagramação, mas gostei do que vi no e-book. Além disso, a escrita da autora é fantástica e adorei poder conhecê-la. Eu não sei se o livro faz parte de uma trilogia ou de uma saga, mas sei que é o primeiro volume e estou ansiosa pela continuação, mas também arrisco dizer que quem sofre de ansiedade quando se trata disso, pode se contentar com o final, porque ele foi muito bem produzido.

Caraval se parece um pouco com Jogos Vorazes, mas tem uma pegada de fantasia que muda o enredo por completo. Também percebi algumas referências sobre suicídio que me fizeram ficar perplexa, mas o fato que mais me incomodou certamente tem relação com a agressão física, que são detalhadas com intensidade, de forma explícita. No entanto, não vi nenhum motivo para retirar classificações. Eu simplesmente adorei a história.

22 comentários:

  1. Bateu a curiosidade ....

    Beijinhos,
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E haja curiosidade mesmo rs. O livro é ótimo ♥

      Excluir
  2. Oi, Kelly.
    Li uma resenha sobre esse livro ontem e admito que nela ele me deixou em dúvida se era um livro que eu gostaria de ler, mas a sua foi tão completa e sobre ter uma pegada mais pesada assim como citou no final me convenceu por completo.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história não gira em torno, necessariamente, dessas questões mais pesadas, mas faz alusões diversas vezes, mesmo que de forma implícita, é possível perceber a presença, sabe? Eu adorei a história, ela é ótima. Espero que consiga dar uma chance ♥

      Excluir
  3. Confesso que quando li o nome do livro não me chamou muito a atenção (sim, sou daquelas que julga pela capa e pelo nome, e se não me encantou de cara, passo reto hahah). Mas ao ler sua resenha, mudei completamente de opinião. Parece ser uma história incrível e me ganhou quando falou que os personagens foram bem construídos. Sem falar que adoro tudo o que envolve magia.

    Beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou dessas, sabia? Sempre que vejo uma capa estranha ou um nome sem muita criatividade já deixo de lado e vou para o próximo rs. Mas fico feliz que tenha mudado de opinião sobre a história, ela é ótima e vale a pena ♥

      Excluir
  4. Quero ler esse livro simplesmente para poder dar a minha própria opinião. Já li resenhas de todos os jeitos a respeito da leitura. Vamos ver se gosto ou não.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é ótimo, senti um pouco de falta da intensidade da relação dos personagens, mas a história em si foi muito bem construída ♥

      Excluir
  5. que capa maravilhosaaa!
    Nossa, você leu isso tudo em pouquíssimos dias, um desafio mesmo!
    Não é o tipo de livro que me chama a atenção, mas achei o enredo bem interessante :3

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi corrido, mas valeu muito a pena ♥ E sim, a capa é lindinha demais, né? Tomara que consiga dar uma chance.

      Excluir
  6. Vi uma resenha bem negativa desse livro esses dias o que me fez ficar bem desanimada em relação ao livro, mas lendo sua resenha digamos que meus sentimentos ficaram mais equilibrados. A história é interessante apesar de tudo.
    Adoro ver resenhas positivas e negativas sobre um mesmo livro. Me faz ir preparada para o melhor e pior que o livro pode me oferecer.
    A capa de Caraval é linda, dá vontade de comprar ele só pela cada hehehe Tuas fotos também ficaram lindinhas ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei a capa um encanto também, assim como a diagramação parece ter ficado impecável. Como só li a versão online, não tenho como confirma isso, mas tenho expectativas bem positivas ♥ E sim, é muito bom quando temos ambas percepções sobre um livro, pois conseguimos saber exatamente o que esperar.

      Excluir
  7. Primeiramente essas fotos estão lindas. Nunca tinha visto esse livro em lugar nenhum, essa é a primeira resenha que vejo sobre também. Preciso os romances clichês então não acho que esse livro me ganharia, mas sua resenha ficou muito boa e convida a ler o livro, vou procura ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo romances clichês, mas vou te falar que esse me ganhou. O Julian e a Scar vivem uma relação intensa, sabe? Dessas que você prende a respiração lendo os momentos rs ♥ Espero que consiga dar uma chance para ele.

      Excluir
  8. Esse livro é do tipo que desperta a minha curiosidade, ele parece ser bem diferente de tudo que já li. Acho que vai valer a pena a leitura dele, faz tempo que estou querendo indicações de livros e até então nada me agradava

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então essa é uma ótima oportunidade de você acrescer um novo livrinho na sua lista rs ♥ Espero que consiga ler em breve.

      Excluir
  9. Oi Kelly, tudo bem? Primeiro a "capa" do livro chama bastante a atenção, é diferente daqueles livros comuns que encontramos diariamente. É difícil julgar a diagramação de um livro quando lemos somente e-book, mas acredito que será impecável como todos da editora. Com relação ao enredo fiquei bem curiosa para saber o desenrolar da história, ainda mais por conter temas tão sérios como suicídio e agressão. Sua resenha ficou incrível, as fotos lindas e parabéns por ter conseguido vencer o desafio de ler no tempo hábil. Ótimo final de semana pra você! Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente difícil dizer se a diagramação está à altura do que imaginamos, mas pela forma como o e-book foi feito, tenho expectativas muito boas ♥ A história é ótima e os personagens são bem desenvolvidos e envolvidos entre si, então vale a pena embarcar nessa jornada de sensações.

      Excluir
  10. Oi, Kelly!
    Tem oportunidades que temos que dar um jeitinho de participar... dormir pra que?...kkkkk...Senti falta de mais fantasia em Jogos Vorazes, então acho que vou curtir esse livro.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem oportunidades que valem a pena agarrar, né? rs ♥ Eu gostei muito de Caraval, não posso compará-lo em todos os quesitos, mas senti uma ligação. Acho que ambos seguem linha diferentes, mas com a mesma pegada.

      Excluir
  11. Que legal você recebe o livro e ler antes de todo mundo, já tinha ouvido falar desde livro mas não tinha lido nenhuma resenha! Gostei muito que ele tem desafios e também do relatos bem explicados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As parcerias com editoras são sensacionais ♥ Que bom que curtiu o livro, ele é muito bacana.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤