06 fevereiro 2017

Amor Amargo, de Jennifer Brown

Este livro ficou parado na minha estante por longos meses. Eu o comprei por impulso e curiosidade, afinal, nunca tinha ouvido falar sobre a autora e não fazia ideia sobre o que ele tratava, mas agradeci a mim mesma por tê-lo escolhido quando terminei de ler a história. Automaticamente o título entrou na minha lista de favoritos e provavelmente não vai sair de lá tão cedo. A diagramação, a capa, a referência do pássaro, os personagens e a própria história em si me fizeram literalmente explodir sensações. Tive alguns momentos de amor e ódio por alguns dos personagens, mas isso só fez com que eu me encantasse ainda mais pelo livro como um todo. Se eu pudesse escolher uma única palavra para descrevê-lo, optaria por sensacional.
Alex finalmente está no último ano do Ensino Médio. A grande viagem da qual ela e seus dois melhores amigos planejam desde pequenos também está cada dia mais próxima e os preparativos não se esgotam nunca. Os três até escolheram um dia da semana para colocarem o papo em dia, organizar o que ainda falta e comer besteiras. O motivo de tanta empolgação? A mãe de Alex morreu em um grave acidente de carro enquanto dirigia para a cidade do Colorado. Ela abandonou o marido e as três filhas para encontrar a tal felicidade. A garota sente muita falta dela e enxerga nessa viagem uma forma de entender os motivos que fizeram a mãe sair de casa, o que a faz evitar contato com o pai e com as duas irmãs, que não compreendem a sua dor. Bethany e Zach são os únicos que realmente se importam com isso. Mas o último ano promete virar a vida de Alex de cabeça para baixo, principalmente um garoto. O garoto dos sonhos.

Título: Amor Amargo
Autor: Jennifer Brown
Páginas: 256 páginas
Editora: Gutenberg

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade.
Cole é novo na escola e bom em quase tudo, exceto nas aulas de Literatura. Alex, em contrapartida, é ótima nesse quesito e fica responsável por ajudar o garoto novo com os estudos. Em meio a música, poemas, cadernos secretos e muita conversa os dois acabam se aproximando e se apaixonando. Ele é sensível e entende perfeitamente a dor da perda, já que seus pais são extremamente ausentes. Isso fortalece o relacionamento dos dois, fazendo com que passem cada minuto do dia juntos. Ela não poderia sonhar com um garoto mais perfeito. Cole é tudo o que Alex poderia imaginar em um rapaz e, principalmente, em um namorado. Mas Bethany e Zach não pensam a mesma coisa. Eles sabem que há algo errado por trás do cabelo perfeito e das atitudes incríveis.
Será possível que um garoto tão maravilhoso tenha algo de errado? Será que há motivos para os melhores amigos de Alex a repreenderem sempre que vêm os dois juntos? Alex não entende o comportamento dos amigos, principalmente de Zach, que tenta protegê-la a todo custo. A amizade dos três acaba saindo do rumo, a viagem se desequilibra, o relacionamento da garota com a família vai de mal a pior e o seu último ano acaba se transformando em um pesadelo. Seu conto de fadas se iguala a um filme de terror, mas sua única chance de sair viva é tendo coragem.

Este livro é daqueles que você termina de ler e não sabe como viver depois de uma história tão forte. É daqueles que te deixam com uma ressaca literária imensa e nenhuma outra obra é capaz de suprir o buraco que ficou. A questão do abuso e do amor doentio são muito bem retratadas e fazem com que o leitor possa mergulhar nos pensamentos e na vida de uma vítima. Uma vítima jovem que acredita em felizes para sempre e que, por acreditar não conseguir viver sem o rapaz, merece aquele amor agressivo. A história traz à tona as faces de um possível agressor, suas artimanhas de conquista e a dor culpada da violência sem intenção.

Talvez alguém me diga que não é possível gostar de um livro na qual a vítima de agressão se vê merecedora de toda a situação, mas é exatamente aqui que entra a grandiosidade de uma história bem contada. Por meio de relatos da própria personagem é possível entender os seus sentimentos e as atitudes que toma perante os machucados. Ela se vê dividida entre amá-lo ou culpá-lo, acreditando que suas ações são consequência de um passado perturbador. Ela se vê perdida, com medo de contar a alguém sobre a violência e com medo de ser ainda mais machucada. Talvez a empatia seja o sentimento que mais se encaixe nesse caso. Milhares de mulheres acabam se calando por conta das mesmas questões. É muito difícil se ver livre de um amor doentio.
Somente lendo o livro é possível entender os pontos cruciais da história e as atitudes de Alex. Por diversas vezes me senti indignada e querendo de toda forma tirar a personagem de sua posição, mas então me dava conta de que só ela poderia fazer isso. E finalmente entendi. Entendi cada sentimento de casos como esse que aparecem constantemente nos jornais. E doeu muito. Talvez esse seja o motivo do buraco devastador na boca do meu estômago por semanas. Amor Amargo me devastou por completo e me ensinou um mundo da qual não conhecia de perto, e sou grata por isso.

Quanto a narração e diagramação, tudo está impecável. Não reconheci erros de revisão e a autora fez um trabalho excepcional com a história. A leitura flui rapidamente e é quase impossível largar o livro para fazer uma pausa. Eu literalmente engoli cada palavra contida. Não tenho sentimentos que possam descrever a minha paixão pelo livro ou pelos personagens. Aversão também conta, nesse caso. E vale a pena. Vale muito a pena conhecer a história. Todo mundo deveria ler e prestar atenção nos mínimos detalhes. Eu não poderia pensar em recomendar um livro melhor.

26 comentários:

  1. Há, que bom que você leu.
    Esse livro é um dos meus queridinhos da vida, justamente porque ele desconstruiu tudo o que pensava a respeito de abuso, tirou a ideia errada que eu tinha sobre vitimismo.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É interessante como a gente acaba julgando sem saber, né? É muito bom conseguir enxergar esse lado do abuso e entender melhor sobre casos assim ♥

      Excluir
  2. Quando eu li o nome da autora, eu bem que pensei que não me era estranho. E não é mesmo: eu li "A Lista Negra" ano passado e gostei tanto que tive que recomendar pra uma amiga do trabalho e emprestar pra ela ler. O livro se passa nesse ambiente escolar também e retrata como é a mente de alguém que sofre bullying por toda a vida. Tem um garoto que abre fogo contra vários alunos, deixando vários feridos e um bairro inteiro traumatizado. Recomendo, viu? Queria até fazer resenha, mas já faz um tempão que eu li e acho que não ficaria mais tão boa. Quem sabe você não lê e traz pra cá?
    Por mais que muita gente tenha um certo "preconceito" com livros mais "teens" assim, a gente descobre um universo muito amplo neles. Acho que por isso nunca tive nada contra nenhum tipo de livro, mesmo atrás de uma capa mais enfeitada, há uma grande lição a ser desbravada.
    É muito mais fácil ler livros cuja escrita a gente já conhece, então Amor Amargo já vai entrar pra minha lista de "Quero Ler" do Skoob. Obrigada pela indicação, sua resenha ficou incrível como sempre.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Lista Negra está na minha lista (trocadilhos rs) já faz um bom tempo ♥ Eu gosto bastante de temas assim e é interessante poder entender o outro lado, como se você estivesse vivenciando aquilo. Acho que deveria fazer a resenha sim, quero ler em breve e provavelmente farei também, mas tente escrever sobre, acho que vale a pena. E quanto ao preconceito, super te apoio, também não tenho isso, mas admito que tenha pegado uma certa repulsa por livros de youtubers rs, parece sempre a mesma coisa. Enfim, espero que goste de Amor Amargo, é um livro sensacional.

      Excluir
  3. Kelly,
    o começo da tua resenha me fez pensar que o livro fosse um desses clichês de sessão da tarde, sabe? Eu AMO, então já tinha anotado o nome do livro. Mas a forma que você fala dele depois aguça ainda mais a minha curiosidade e eu estou como louca vendo se acho um PDF enquanto não visito uma livraria.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em partes ele realmente é um clichê, mas é um clichê incrível e cheio de surpresas. Vale a pena conhecer e tirar suas próprias conclusões. Espero que consiga ler em breve ♥

      Excluir
  4. Eu amei demais esse livro também, e confesso que até o final do livro era completamente tomada pela raiva. É muito complicado lidar com as emoções que esse livro te provoca, eu sentia muita raiva da Alex. Porque ficava louca pra tirá-la daquela situação, pra ela perceber que ela tinha sair do relacionamento. É muito maluco. Pra ver como o livro é bem escrito. Leitura necessária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, eu tive o mesmo sentimento. Sentia raiva por ela continuar naquilo e não enxergar que as coisas só iriam piorar, mas, no fundinho, eu sabia que ela não teria coragem de ir embora, eu não teria. É mesmo um livro mega bem escrito ♥

      Excluir
  5. SO COR RO!!!!! MENINA! Juro que fiquei sem fôlego lendo esse resumo! Devorei cada palavra! Eu PRECISO desse livro!!!!!! É o tipo de história que me prende do começo ao fim! PRECISO PRECISO PRECISO <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é incrível, seria bem interessante se todo mundo conseguisse ler ele pelos menos uma vez na vida ♥

      Excluir
  6. Ameeeeei, gostei dá forma que você falou do livro, dá história, dos personagens. Amei essa capa e essa parte de traz. Menina que livro lindo. Amo a leitura e ja estarei colocando este na minha lista do Skoob. Haha :)

    Abraço!
    Plínio | www.ocristaocriativo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro lindo literalmente, tanto pelo conteúdo quanto pela beleza mesmo, porque a capa é sensacional ♥ Acho que a autora mandou mega bem em tudo. Espero que consiga ler e que goste da história.

      Excluir
  7. Intensa... É oq resume sua resenha pra mim... Me deu mta vontade de ler esse livro e olha q não sou de me impressionar com livros tão facilmente... Adorei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, isso é muito bom, não é? Espero que sua empolgação seja realista e te faça lê-lo aieiueh ♥ É uma obra maravilhosa.

      Excluir
  8. eu ADORO esses livros que tem emoção total, que nos deixam indignadas e que dá vontade de entrar na história e mudar tudo, sabe? apesar da raivinha que a gente passa, são os melhores livros, haha. curti muito o enredo, parece envolver muito, tanto que tua resenha já me deixou beeem envolvida! e essa capa? amei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é um escândalo, né? aeiaeuh ♥ Também gosto disso, dessa sensação de estar vivendo a história e ficar se mordendo para entrar na trama e fazer as coisas mudarem de rumo. As melhores histórias são assim. Fico ansiosa por você e espero que consiga ler.

      Excluir
  9. A capa combina muito com a estória, pelo que li da resenha, acho que é um dos poucos livros que a capa e a estória se complementam. Eu tenho criado uma resistência com livros assim, já li alguns do Khaled Hosseini que tem uma pegada assim, de misturar com suas emoções a ponto de te deixar indignado e irritado, mas não sei se chega ao nível dos livros dele. Mas, muito sofrido e não consegui terminar até hoje o livro "cidade do sol" dele.

    beijos,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade. Eu não entendi muito bem no começo a relação da capa com a história em si, mas ao longo da narrativa vai ficando mais clara a referência ♥ Eu não conheço o autor que citou, vou dar uma procurada sobre, mas Amor Amargo não é pesado, sabe? Ele trata do assunto com muita naturalidade e leveza. Espero que dê uma chance para esse.

      Excluir
  10. Confesso que não li sua resenha inteira porque tenho mania de ler livros e ver filmes sem saber muito sobre eles, acho que sempre me surpreendo assim... Mas as partes que li foram suficientes para adicionar o livro na minha listinha 'To be Read'. Adoro esse tipo de livro, que quando acaba a gente só consegue pensar: O que acabou de acontecer?
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU tenho essa mesma mania com sinopses. Odeio ler sinopses auieiue, ainda mais quando o livro está para ser lido. Parece que já me colocaram um grande spoiler na frente. Enfim, Amor Amargo é sensacional ♥

      Excluir
  11. Nossa fiquei sem fôlego já lendo a resenha hahaha
    Que história bem impactante, fiquei imaginando várias situações no meio dela. Inclusive me deu ideias de um texto para o meu blog!
    Fiquei com muuuita vontade de ler.
    Parabéns, sempre perfeita nos teus post.
    Beijos :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se só um resumo já te inspirou, imagina se ler o livro? rs. Tem muita coisa envolvida na história, isso é um fato. Coisas até surpreendentes, sabe? Mas é muito bacana ♥

      Excluir
  12. Ahhhh, se eu fiquei com vontade de ler? Magina! Hahaha sério. Você resenha muito bem, garota! Seu post está fantástico. Parabéns ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nha, fico bem feliz com isso ♥ Espero que consiga ler.

      Excluir
  13. Esse livro em chamaria a atenção só por conta da capa. Eu sou apaixonada por passarinhos e aves desde o ano passado, quando li 4 livros que tem bastante a ver com aves hehe.

    Apesar de a sinopse ter me soado levemente clichê (desculpa, mas sempre tenho essa impressão de livros que se passam no ensino médio!), você deu 5 corações para ele, então acho que dá pra dar uma chance <3

    Eu sempre fico com um caderninho pequenininho do lado do computador; é meu diário de leitura e eu crio muitas listas de desejos nele haha. Já deixei o título e autora desses guardados (escrito com caneta vermelha!).

    Ah, e suas resenhas sempre são ótimas e bem completinhas (eu já devo ter dito isso, mas vale a pena reforçar). Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é lindíssima, e tem uma referência muito boa com a história em si ♥ Espero que mude essa sua ideia de que todo livro de ensino médio é clichê, eu me surpreendi muitas vezes com livros assim e mordi a língua várias vezes por pensar da mesma forma. Vale super a pena conhecer e tirar suas próprias conclusões. Fico feliz por saber que anotou e se interessou, ao menos rs. Tomara que goste da leitura.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤