15 fevereiro 2017

Querido Will,

É tão estranho pensar que já passou tanto tempo desde que você foi embora. São 4 horas da manhã e eu me pego sentada na beirada da janela. Aquele apartamento da qual tanto sonhei mais se parece com uma caixa de sapatos. Sinceramente? Eu não me importo muito com isso, sempre gostei de coisas pequenas. Você sabe que não sou boa com grandiosidades, é como se as coisas fugissem do meu controle. Mas eu detesto olhar para fora e dar de cara com o parque central. Ainda lembro quando sentávamos debaixo da árvore e ficávamos fazendo comentários sarcásticos sobre o que as pessoas poderiam estar conversando. Nunca soube se nossas teorias estavam certas, mas a gente rolava de rir. Era leve, divertido, mesmo sabendo que alguma coisa estava errada.
Nunca guardávamos segredos um do outro, mas você fez seu trabalho com perfeição. É claro que você tinha certeza de que as coisas mudariam caso falasse sobre o assunto. Eu sempre tive um desequilíbrio emocional e psicológico gritante.

Nada mudou desde então. Eu continuo a mesma perfeccionista de sempre. Minhas doses de café aumentaram com o passar do tempo, não sei exatamente se é por conta da insonia ou para tentar afogar a saudade, mas tem dado certo. Os dias parecem se arrastar e as demais conversas não são como as nossas. As pessoas estão cada dia mais rasas, mais cheias de si e vazias de conteúdo. Acho que me lembro de ouvir você resmungando algo sobre isso. Você parava por um tempo, como se tivesse levado um soco no estômago, semicerrava os olhos e criava conspirações malucas. 

Eu adorava ouvir suas histórias e é disso que mais sinto falta.

Quando era pequena, acreditava que perder alguém era simples e a dor só aparecia nos primeiros momentos. Mas hoje sinto que não. Esse vazio aqui dentro não melhora. Será que ainda vai doer por muito tempo? Queria que estivesse aqui e que me dissesse que vai ficar tudo bem. Mas você não está. Queria que tivesse me preparado para isso. Que tivesse me contado, mandado um sinal ou até mesmo uma mensagem de texto.

Como as pessoas conseguem continuar vivendo? 

Agora são 5:30 da manhã. Eu passei meia hora tentando arranjar forças para ir trabalhar. Também precisei de meia hora para terminar de escrever esta carta. Sei que nunca vai recebê-la, mas espero que esteja lendo ao mesmo tempo em que as palavras me parecem fazer sentido. Acreditar nisso está me fazendo bem, mesmo que seja paranoia e que queiram me levar a um psiquiatra.

Estou bem.

É só saudade.

34 comentários:

  1. Eu não sei se eu fui mais depressiva do que deveria lendo essa carta, mas parece que ele se foi não só se distanciando. Senti um angústia tão grande pela personagem que quase senti que ele se foi fisicamente, se foi para outro plano. Espero estar errada por ter sentido isso.

    Às vezes saudade consome tanto do nosso tempo, da nossa vida, da nossa alma, né? Pior que sempre aparecem pessoas para dizer palavras prontas: "vai passar", "é só fase", mas não é. Dói mesmo. E na maioria da vezes demora um bocado pra sequer aliviar. E enquanto o tempo não ajuda a cessar a dor, a presença de quem causa saudade sempre se mostra presente a cada momento, cada detalhe que o lembre e a saudade aperta.

    "As pessoas estão cada dia mais rasas, mais cheias de si e vazias de conteúdo."

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não está errada, era realmente essa a ideia, mas acredito que tenha mais explicações e teorias do que poderia ter acontecido. De qualquer forma, a saudade está presente em ambos os casos e nos fazem sentir o dobro da dor que é perder alguém, seja fisicamente ou para a distância. Dói, machuca, mas significa que valeu ter vivido aquilo, ter compartilhado aqueles momentos ♥

      Excluir
  2. oi, oi.

    ah, a saudade! essa danada nos fere de um jeito tão único, dolorido e reconhecível... quando ela bate, nos desperta vários outros sentimentos: o da fraqueza, incapacidade pra lidar contra o tempo...

    infelizmente, quando a gente perde alguém, a dor aumenta, o desespero surge... tudo fica complicado! o certo mesmo é continuar tocando a vida e ir encontrando pelo caminho outras formas/pessoas que supra todo aquele vazio. :(

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudade é uma coisa complicada, né? Por mais que a gente tente escapar, ela nos pega de jeito e faz pedacinho do que sentimos. Infelizmente essa é a realidade, mas também é uma coisa boa, se for parar pra pensar. Significa que aqueles momentos valeram a pena e que isso ficou marcadinho no nosso coração ♥

      Excluir
  3. Mas olha não tô bem.
    Acabei de ler, semana passada, um livro bem dolorido.
    Agora esse texto.
    Jesus me acode.
    Bem envolvente, bem fluido, me levou fácil.
    Parabéns!

    xoxo

    http://rascunhosehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, de vez em quando faz bem ler coisas mais pesadinhas e que fazem pensar ♥

      Excluir
  4. saudade é dificil demais né?!
    eu fiquei bem abalada depois desse texto, me deixou aquela pontada de angústia com saudade, não sei explicar..

    muito lindo, parabéns <3

    japona.mairanamba.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, saudade é um sentimento e tanto, né? Mas é muito bom de sentir também ♥ Fico bem animada sabendo que curtiu.

      Excluir
  5. Não sei o que dizer, apenas sentir. Já criei várias teorias sobre o que poderia ter acontecido, sos.
    Saudade é um sentimento meio estranho pra mim, porque às vezes gosto e às vezes detesto. Acho que em alguns momentos sentimos saudade de coisas deveriam ser esquecidas, mas tá tudo bem. haha
    Adorei muito esse texto por ele ser extremamente real. ❤ Pensei até em escrever uma "resposta", posso? Aliás, eu penso em escrever respostas pra muitos textos seus, mas nunca escrevo. haha
    -
    Não ando comentando muito aqui, mas sempre leio todos os posts, viu? :D Estou quase acabando de ler os posts do Gaveta de Clássicos e posso dizer que estão incríveis. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou deixar você com suas teorias, então, acho que nunca devemos impedir a imaginação do leitor, né? Eu entendo tua confusão, também gosto e detesto a saudade. É um caso de amor e ódio que a gente não tem como se livrar ou fazer com que caia para um único lado rs.
      Sobre as respostas, eu adoraria ler suas teorias sobre meus textos em forma de resposta iaeiauh, sério, faz sim ♥

      p.s.: não acredito que está lendo meu TCC auehiauhe, fico bem feliz por estar gostando dos posts.

      Excluir
  6. Esse texto me fez lembrar de uma pessoa, em partes vivi cada palavra escrita. "Eu adorava ouvir suas histórias e é disso que mais sinto falta"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é tão bom relembrar de alguém quando lemos sobre saudade, né? ♥

      Excluir
  7. Sua criatividade é maravilhosa, moça! Esses texto/carta está lindíssimo... e emocionante e triste também </3 Nunca passei por isso, de sentir saudades e sofre muito por alguém que foi embora, e talvez eu não seja nem capaz de imaginar o quanto a pessoa sofre. Mesmo assim, dá para entender o porque dói tanto!

    Oh, de novo: parabéns *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nha, muito obrigada ♥ Acho que todo mundo tem o seu momento de saudade, sabe? Talvez você ainda não tenha passado por uma situação assim, mas é certo de que um dia irá passar. E aí sim vai entender a sensação. Mas te adianto que é bom. Saudade é a forma mais singela de sermos lembrados sobre momentos incríveis que não voltam mais.

      Excluir
  8. Que texto maravilhoso. Confesso que também exagero nas doses de café aqui em casa. Passei por algo parecido, e doi, doi muito. Principalmente sentir saudades de algo que vc sabe que não vai voltar a ver/conviver.

    letsdriink.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dói mesmo, principalmente nesses casos. É como se ficasse um buraco no peito que nunca vai se fechar por completo.

      Excluir
  9. Que texto lindo e genuíno, retratou a essência do sentimento de saudade. Consome a gente nessa intensidade mesmo, que muitas vezes fica difícil realizar tarefas rotineiras simples.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como fica. Até um simples café da manhã pode se tornar cansativo e desgastante quando o coração não está lá essas coisas rs. Mas a saudade é linda ♥ Muito obrigada, moça.

      Excluir
  10. Me arrepiei o tempo todo lendo esse texto... Chorei real. Perder alguém nunca é fácil e buraco parece "intampável", mas uma hora essa dor passa...
    Parabéns linda <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que bom que teve essa ligação com o texto ♥ Perder alguém é um abismo. É como queda livre. E dói mesmo.

      Excluir
  11. Saudade, sentimento tão ambíguo q pode nos deixar tanto tristes qto felizes... Mas confesso q esse texto é daqueles de apertar o coração e pensar em pessoas q se foram e q sabemos q não irão mais voltar...
    Me deu saudade do meu irmão... As conversas leves e risadas frouxas é do q mais sinto falta.. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito pela sua lembrança. De qualquer forma, isso significa que você tiveram momento maravilhosos e ele vai sempre estar por perto ♥ Infelizmente a saudade não nos mantém firmes, mas a sensação é de gratidão.

      Excluir
  12. Uau... Esse texto me tocou. Tão bem escrito e cheio de sensibilidade. A saudade é um dos piores sentimentos que existem... Ela destrói a gente um pouquinho a cada dia... Perder alguém nunca é fácil, né? A saudade não passa, mas a dor uma hora ameniza. Parabéns pelo texto <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor ameniza, isso é um fato. Mas aquele buraquinho que deveria ser preenchido acaba ficando oco, sempre. É como disse, nos destrói um pouquinho a cada dia. Enfim, muito obrigada ♥

      Excluir
  13. Texto muito bonito, perder alguém é realmente muito triste e é mais triste ainda quando percebemos cada momento que passamos juntos da pessoa e não demos tanto valor aquele momento, podíamos ter curtido mais o tempo juntos. É bom como aquela música "Epitáfio" dos Titãs diz.

    beijos,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Epitáfio é uma música e tanto ♥ Acho que ela é a minha melhor definição de saudade. A gente passa tanto tempo se preocupando com outras coisas e esquecemos do agora, de presenciar e curtir esses momentos únicos e grandiosos.

      Excluir
  14. Escrever isso é tão libertador vamos dizer assim, cartas que nunca deram lidas, são um jeito de organizar nosso pensamento, parabéns seu post está lindoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como são. Até o simples fato de escrever uma carta já deixa o coração mais quentinho ♥

      Excluir
  15. Que texto sensível e maravilhoso. Me senti no lugar da personagem e com sua dor, sua saudade, seu sentimento puro e genuíno... Lendo algumas linhas me faltou o ar, por pensar que essa saudade pode ser de tantas formas... Daquela pessoa que está distante e vai retornar, como daquela que nunca mais voltará... Amei sua escrita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixar a dor em aberto é um opção, não é? Achei digno deixar em aberto o motivo também ♥ Fico bem feliz sabendo que conseguiu captar as sensações do texto.

      Excluir
  16. Parecia que eu estava acompanhando a narrativa de um filme sabe? Me senti tão envolvida! Cada linha transmite sentimento, transmite tudo aquilo que a saudade traz, a nostalgia, as análises profundas sobre o ambiente e os demais relacionamentos ao nosso redor, a tentativa de resgate da comunicação enfim.

    Texto lindo, bem escrito... um daqueles que nos fazem viajar, refletir. Amei, amei demais! Parabéns.

    senhoritadeise.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, é muito gratificante saber disso ♥ Não tem nada melhor do que tentar fazer as pessoas viajarem entre as palavras de um texto, ou, melhor, de uma carta.

      Excluir
  17. Não tenho muitas palavras sobre seu texto, ele é tão emocional e envolvente que parece que estamos vendo a história narrada, ótima escrita parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada ♥ É bom saber que se sentiu parte da narrativa.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤