29 agosto 2016

A arte de sentir exageradamente

Não sei exatamente o porquê, mas tenho uma ligação muito forte com pessoas sentimentais. Dessas que choram com filmes de romance e que fazem drama nas horas mais impróprias da vida. Dessas que ficam feliz por tudo, que já chegam abraçando, mimando, paparicando. Dessas que não precisam de dia específico para demonstrarem o carinho que sentem pelo outro. Dessas de alma leve que iluminam o dia com uma piada sem graça e uma gargalhada engraçada. É que ultimamente ando um tanto sem saco para as pessoas que se intitulam um meio termo. Até mesmo eu, quando fico em cima do muro, me odeio um pouquinho mais, simplesmente por ter tanto medo de sentir.
É estranho pensar que o sentimento virou uma coisa banal. Primeiro que ele nem deveria ser considerado uma coisa, segundo que de banal não tem nada, mas insistimos em transformá-lo no clichê mais insignificante que existe. Particularmente, não consigo imaginar um mundo sem essa infinita possibilidade de sentimentos. Não consigo imaginar um mundo onde os seres humanos se importam só com seus próprios ideais.

Na verdade, tenho consciência de que é mais ou menos isso que anda acontecendo pelas ruas das cidades. Há guerra por todos os lados. Quem dera a empatia ser maior do que a arrogância e a ganância. Mas não é. Infelizmente sabemos disso.

Talvez seja por isso que carregar qualquer espécie de sentimento se tornou uma arte. Se tornou um dom. Há aqueles que demonstram com evidência e clareza. Há aqueles que encontram outras formas de dizer o que está no coração. Gostaria de fazer parte do primeiro grupo. Gostaria que mais pessoas também desejassem isso Gostaria de ter coragem o suficiente para transformar meus sentimentos em realidade.

O bom mesmo é deixar o medo de lado e ser por inteiro um sentimento que está dentro de si. É sentir por impulso da forma mais inocente que existe. É ter aquela pureza evidente que só o amor consegue nos proporcionar. Afinal, as pessoas andam precisando excessivamente de afeto. E o mundo, por outro lado, anda precisando de seres humanos exagerados, que se jogam por completo, que trazem mil rosas roubadas e que adoram um amor inventado. Como dizia Cazuza, pra mim é tudo ou nunca mais.

24 comentários:

  1. Toda vez que entro no seu bloguito eu sinto uma paz imensa e um sentimento de aconchego, sabe? Eu amo entrar aqui e ler seus textos maravilhosos que, no fundo, é o que eu estou sentindo só ainda não sei transcrever. Sim, o mundo está todo mimizado, todo mudado, eu sinto é falta de quando a gente não tinha que se esconder, quando tínhamos liberdade de ser nós mesmos sem máscaras. Simplesmente ser eu sem me importar com nada.
    Também queria ser dessas pessoas doces, sentimentais e que não se importam em mostrar o carinho aos outros. Confesso que de uns tempos pra cá tenho sido um pouco assim, mais ainda sou muito fechada.
    Acho que se conseguissemos ser todos mais sentimentais o mundo seria mais fácil e a gente não sentiria tanto as dores do dia a dia, as perdas e tudo mais, afinal, aproveitariamos cada momento da forma mais profunda que existe.
    Enfim... Um abraço apertado e um carinho pra você Kelly, que sempre me dá um abraço imenso quando eu passo por aqui. <3
    Beijo
    www.vestidinhojeans.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quase chorei aqui com seu comentário de puro amor ♥ É tão bom saber que se sente bem por aqui, que se identifica com o que escrevo e com as banalidades da vida que tento resumir rs. Muito obrigada por tamanho carinho. E sim, eu também queria muito que o mundo voltasse ao patamar de respeito e igualdade. Onde as pessoas não tinham tanto medo, eram mais abertas, mais sinceras, mais sentimentais. Ser você mesmo é algo tão comum, tão singelo, que deveria ser de lei. Se enxergássemos os detalhes, o mundo realmente estaria melhor. Teríamos mais tempo e menos problemas.

      Excluir
  2. Acompanho o seu blog a pouco tempo,mas já Amo ♥ Textos incríveis
    Também sou dessas que fica feliz por tudo,principalmente com as coisas mais simples.Acredito que todos nós temos esse sentimento lindo e muito amoroso dentro de nós,alguns apenas precisam se lembrar.Quanta paz sinto quando venho aqui,agradeço por isso.Um super beijo ♥

    http://saracastelloni.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há, que felicidade ler isso ♥ Ser feliz por pouca coisa é uma delícia, isso é verdade. Damos mais valor quando enxergamos os detalhes da vida. É difícil para algumas pessoas demonstrarem esse carinho, mas com a prática e um empurrãozinho tudo se ajeita.

      Excluir
  3. Meu Deus do céu, sabia que iria me identificar com esse texto! Também tenho esse pavor de pessoas "mornas", ou se é quente ou fria! Meio termo não dá! Amei a forma que tu escreve (aliás acho que já li outros textos seus, o nome do teu blog não me é estranho... liga pra meu esquecimento não ta rsrs).
    Enfim, tenho as emoções à flor da pele e acho que expresso isso até demais. Confesso que, por vezes, gostaria de sentir menos... parece que os insensíveis são mais felizes. Mas, na real? Dane-se! Vamos continuar sentindo exageradamente, mesmo que isso signifique ser o contrário do mundo.
    Parabéns pelo texto! Arrebatador!
    Beijos, Kelly! <3
    Tamara

    Blog Tamaravilhosamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão bom saber que gosta do que escrevo, acho que já vi você por aqui ♥ Pessoas mornas são um saco, a gente fica naquela coisa do vai ou não vai rs. Ter os sentimentos à flor da pele é complicado, tem seu lado bom e tem seu lado ruim. E não pense assim, viu? Os insensíveis são mais felizes porque não conhecem de fato a felicidade. Ouvi isso uma vez e nunca mais esqueci. Ser exagerado é uma delícia.

      Excluir
  4. Aí que saudade que estava sentindo desse cantinho, ainda mais dessas palavras que na minha opinião nunca serão exageradas.
    Na reta final da gravidez nossa Merida resolveu dificultar as coisas, mas sempre que posso tô aqui viu. Um dos meus lugares favoritos. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindaa, tem mesmo que se cuidar com a pequena, geralmente no final é mais complicadinho, né? Espero que dê tudo certo por aí, porque tô torcendo bastante aqui ♥

      Excluir
  5. Sei exatamente como é isso sabe. Eu sou de câncer, e você sabe o que as pessoas falam sobre esse signo né? Haha Eu me preocupo muito com as pessoas sabe. Por um lado isso é bom, mas por outro eu me machuco com uma facilidade impressionante por sentir assim, exageradamente. Um beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom ser você mesma. Eu sou desse pensamento, entende? Se você se sente bem sendo sentimental, é ótimo ♥ Admiro muito quem consegue ter essa leveza, sentir com exagero e demonstrar também. É lindo.

      Excluir
  6. Eu sou daquelas pessoas que sentem tudo com muita intensidade, mas nem sempre consigo expressar meus sentimentos, é difícil colocá-los para fora, mostrar para as pessoas que estão ao meu redor os sentimentos que estão dentro de mim. Mas eu tento, acho essencial que as pessoas saibam o quanto são importantes pra mim, mesmo que eu acredite que nem sempre o sentimento seja reciproco e isso é algo que acaba me machucando um pouco, justamente pelo fato de sentir demais, eu me entrego muito e não recebo o mesmo em troca, mas tenho tentado lidar com isso, por mais difícil que seja.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma coisa que aprendi é que não devemos demonstrar esperando receber algo em troca. Isso não é sentimento algum, é apenas troca. Quando você sente, deve demonstrar independentemente do outro sentir também, entende? Também não sou muito boa em deixar visível meus sentimentos, mas aos pouquinhos vamos nos acostumando com isso, aprendendo a lidar com tudo ♥

      Excluir
  7. Você é tão maravilhosa, seu blog é tão maravilhoso, seus textos são tão maravilhosos, obrigada!

    Me identifiquei muito com o texto. E realmente o mundo precisam de pessoas que se jogam por inteiro, que sentem com o corpo e a alma. Obrigada mesmo <3
    Beijo no seu coração.

    www.mundodefany.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô me sentindo maravilhosa com seu comentário aiuehhae ♥ Muito obrigada por esse carinho. O mundo precisa mesmo de pessoas mais sinceras, mais dadas. Acho que todos mundo se decepcionaria um pouco menos. Seria incrível.

      Excluir
  8. Sou apaixonada pelos seus textos, eles transmitem algo tão bom. ♥ Também queria fazer parte do grupo que consegue demonstram com evidência e clareza. Nunca fui de expressar o que sinto e sinceramente as vezes isso é tão ruim. Mas aprendi a conviver com isso, porém tento melhorar, acho que querer melhorar nunca é demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhorar nunca é demais. A gente vive em um eterno ciclo de mudanças e aprendizados, ou seja, estaremos sempre abertos para coisas novas, mesmo que isso nos custe algumas dores de cabeça rs. Com o passar do tempo, você vai conseguindo se abrir mais ♥ Muito obrigada.

      Excluir
  9. Que texto lindo! Quem dera todos tivessem esse seu pensamento... Sem o amor, nada somos e o mundo seria muito melhor se todos pudessem enxergar essa realidade. Ganhou uma seguidora fiel agora hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, sem o amor, nada seríamos rs ♥ Acho que quanto mais amor espalhado pelo mundo, menos coisas ruins acontecerão. Espero que um dia isso seja real. Muito obrigada pelas palavras, e seja bem-vinda por aqui ♥

      Excluir
  10. Eu sempre pendi pro exagero, em todos os aspectos: amo demais, me dou demais, me dedico demais, quando não gosto, é demais também. Sempre me joguei de cabeça em tudo, em todos e quase sempre me ferrei grandão, por esperar que fossem e não eram. Mas falta sim, falta demais no mundo, que nem eu, que nem você <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que suas expectativas que te iludiram. A gente ama sempre querendo receber algo em troca, mas o amor não é uma troca, é um compartilhamento. Nem sempre vai ser recíproco, mas é lindo de todos os jeitos ♥ Ser assim é incrível, moça. Te admiro por isso.

      Excluir
  11. Eu fico altamente admirado com a forma que você escreve, a pureza de cada palavra e de como tudo parece estar em perfeita harmonia!
    Amei seu texto, seu blog é muito querido!
    Vou compartilha-lo na minha página, pois você merece! Tem um talento maravilhoso <3
    Um beijo cheio de carinho <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há, que delícia ler isso ♥ Muito obrigada pelas palavras. Fico muito, muito feliz sabendo que gosta daqui, gosta da forma como escrevo. É incrível isso.

      Excluir
  12. Amei o texto! Gosto de textos assim, que me definam.
    Eu sou daquele tipo de pessoa que sente demais mas não consegue se expressar direito, e fica ali com um monte de sentimentos guardados, só o meu caderno que me entede mesmo. Adimiro pessoas que sabem viver intensamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também admiro muito, é incrível quando alguém consegue mostrar a alma pro mundo ❤ Uma hora perdemos o medo e aprendemos a viver assim também, aproveitando cada segundo.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤