26 junho 2016

Quero ser tudo que dizem que sou

Sejamos sinceros, eu não tenho o peso de uma supermodelo, não tenho uma cintura fina, meus quadris são largos demais para o número da minha calça, minha pele é muito branca, meu olho ainda não se decidiu se quer ser castanho ou verde. Aliás, sempre disse com minhas escritas de que sou um excesso, e talvez eu realmente seja, literalmente. Mas de um tempo para cá, perdi a vontade de ser o mínimo. Eu quero ser esse excesso que as pessoas enxergam e, às vezes, até criticam por não entenderem. Quero ser isso tudo que dizem que sou, mas que não enxergo quando me olho no espelho.
Quero ser até mesmo as coisas ruins. Quero ter orgulho de saber exatamente quem me tornei, até mesmo quando se trata de imperfeições, porque é exatamente isso que me faz ser diferente. E se for parar pra pensar, o excesso é sempre o ponto mais importante em um julgamento. As pessoas sempre são demais. Ou são muito baixas ou são muito altas. Ou são muito magras ou são muito gordas. Então que sejamos um grande excesso no mundo, já que não existe um meio termo e ninguém nunca está satisfeito.

Quero ter confiança para afirmar com convicção de que o batom vermelho fica chamativo demais em mim, mas sem me importar de fato, porque gosto assim. E dizer claramente que meu cabelo desgrenhado é uma mistura de sucesso com fracasso. E que meu corpo não tão escultural assim é porque eu gosto de comer besteira de vez em quando. E que minha unha por fazer é a falta de tempo. E que minha altura é um meio termo, porque amadureci cedo demais. E que minha pele branca é por não gostar de tomar sol. E que a cor do meu olho sem definição é uma mistura de etnia complicada.

E eu quero ter orgulho disso tudo, sem medo de estar errada. 

Quero me tornar esse excesso que tanto insistem em dizer que sou. Só espero que, depois disso, eu possa sair por aí transbordando as outras pessoas, e o mundo, e os dias cinzas, e os desamores, e a mim mesma. Porque conheço cada pedacinho do meu corpo e da minha alma. Algumas coisas ainda estão bastante bagunçadas, mas é só a falta de jeito. Não me importo. O que eu tenho de torta, tenho de feliz.

38 comentários:

  1. Há que texto lindo. É tão bom ler algo em que nos identificamos.
    Essa semana foi corrida, pouco tempo pra mim é muito para os outros. Seu texto foi aquele 5 minutinhos com uma bela xícara de café que tirei para mim. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sempre tem disso, não é? A gente separa todo tempo do mundo para os outros e esquece da gente, mas é ótimo quando conseguimos meros minutinhos ♥ Que bom que deixou teu dia mais bonito.

      Excluir
  2. "Então que sejamos um grande excesso no mundo, já que não existe um meio termo e ninguém nunca está satisfeito."
    Sabe que tenho usado muito essa filosofia para viver? É uma revolução quando começamos a nos amar, o mundo ao nosso redor muda e muda porque decidimos que dele deveria mudar. Atitudes como não odiar meu cabelo, minha cintura ou qualquer-outra-coisa-que-a-sociedade impõe é o primeiro passo para viver feliz e expressar meus excessos por aí sem medo. Adorei!

    Tem Meu Tamanho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, quando passamos a nos aceitar e ser esse excesso que tanto criticam, o mundo começa a nos aceitar também ♥ Cada um é incrível a sua maneira, o maior desafio é simplesmente enxergar isso.

      Excluir
  3. Já falei que seus textos são sempre maravilhosos né? Mas esse está maravilhoso ao extremo!
    Temos que aceitar o que somos!
    Beijos,
    www.hitsdomomento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada pelo carinho ♥ Temos sim que nos aceitar antes de qualquer coisa.

      Excluir
  4. teus textos são sempre apaixonantes!
    e esse tá incrível! ♥
    que sejamos sempre excessos de nós mesmos! E que possamos sempre transbordar as outras com tudo o que temos de melhor! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigadinha ♥ Que sejamos um grande excesso por aí, e que isso seja incrível. Acho que transbordar as outras pessoas é a melhor parte do dia de alguém.

      Excluir
  5. Sou apaixonada pelo seus textos. ♥ Que sejamos assim, excessos de nós mesmos. ♥

    Prazer, Jéssica

    ResponderExcluir
  6. Que texto mais gostoso de ler, me identifiquei em cada paragrafo ♥ Que dom tu tem! Amei ♥ Continua assim!! Beijão!

    http://www.sorrisosnooutono.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada pelas palavras fofas ♥ Fico feliz que tenha gostado e se identificado. É muito bom saber disso.

      Excluir
  7. Que texto lindo! Você tem uma maneira de escrever extremamente apaixonante. Já visitei o seu blog algumas vezes, li alguns textos e por total falta de tempo acabava não comentando, ou as vezes por puro esquecimento mesmo. Que sorte que hoje estou aqui pra comentar nesse texto maravilhoso, juro que a partir de agora tentarei comentar mais vezes, porque uma coisa é fato, minha presença por aqui está garantida.
    Fiquei profundamente tocada por esse texto e em partes ele se tornou uma ajuda pra mim.

    Love, Camie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que amor ♥ Me abraça. Eu fiquei muito feliz quando li que ele te ajudou de alguma forma. Sabe um quentinho no coração? Então. Muitíssimo obrigada pelas palavras e pelo carinho. Vai ser sempre muito bem-vinda por aqui.

      Excluir
  8. Que texto lindo, você escreve muito bem e seu blog também é muito lindo.
    Beijos e sucesso
    Diário de Casada

    ResponderExcluir
  9. Lindo o seu texto. Sejamos todas esse excesso, então! <3
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  10. Eu amo seus textos e sempre me identifico demais com eles! Realmente temos que ser sempre nós mesmos, esse excesso que tanto falam, e que ao transbordar-nos deixemos um pouquinho de nós nos outros <3
    Beijos
    http://blog-mundodalua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão gostoso isso, não é? Poder transbordar as outras pessoas com um pouquinho da gente ♥ Fico muito feliz que goste dos meus textos.

      Excluir
  11. Poxa, esses textos deveriam me ajudar. Eu também não me encaixo nos muitos padrões exigidos pela sociedade, mas infelizmente eu ainda não sei me transbordar, não sei me importar e isso mexe bastante com minha estima. =(

    www.memoriasdeumaguerreira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deveria se importar tanto com o que os outros falam de você. Tem que se importar mesmo é com o que pensa sobre si mesmo. Se gosta de como é e se sente bem assim, tem mais é que se amar por dentro e por fora. Ser feliz ♥ Espero que um dia consiga entender isso.

      Excluir
  12. Muito forte o texto! Lindo e libertador, adorei <3
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto e a imagem caiu como uma luva.Forte, sensível, real, enfim palavras bem escritas e super reflexivas. Parabéns!
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, moça ♥ É sempre bom refletir sobre esse assunto.

      Excluir
  14. Moça, você resumiu tão o que é pra mim essa "insustentável leveza de ser nesse texto. Uma vontade urgente de ser plena, completa, mesmo em cada defeito e cada imperfeição. Hoje em dia existe uma pressão tão forte por ser perfeita, "eu acordei assim" que muita gente se esquece que a personalidade está nos não-gosto, nos defeitos e nas recusas. Ser perfeita é fácil, mas e a coragem para se assumir humana, falha e cheia de (maravilhosas) imperfeições? Isso é pra poucas!

    Lindo texto, sensível, cheio de verdades. Adorei <3
    vinteetres.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, super concordo contigo, moça. Há uma pressão gigante sobre isso e que cresce cada dia mais. Temos que estar o tempo inteiro plenos e felizes, seguindo um padrão imposto que ninguém nunca vai entender de fato. É loucura se aceitar e se assumir assim, desse jeito bem humano, mas é incrível ♥

      Excluir
  15. Ah que texto lindo! Você arrasa muito, sempre que eu venho aqui saio encantada com os seus textos!

    Beijos

    http://www.senhoritamarmelada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que bom ♥ Muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  16. Olá, Kelly!
    Que texto maravilhoso *-* Acho que foi tudo que eu precisava agora, sério! Nós temos que nos amar mais, pois se não gostarmos, quem vai gostar do que realmente somos? Nos aceitar é em primeiro lugar ;-) Concordo com tudo que você escreveu e agora... Que sejamos em excesso <3 Amei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos sim, sempre digo isso. Ninguém vai gostar de nós se nem mesmo nosso próprio eu não gosta do que realmente é. Complexo, mas verídico. Amor próprio é tudo ♥

      Excluir
  17. Oie, tudo bem? Que texto mais lindo e profundo. Eu gostaria de ter a coragem de usar batons vermelhos mas minha completa timidez não me permite rs gloss sempre foi meu melhor amigo <3 Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mulher, que história é essa? Se arrisca com um vermelhão sem vergonha rs. Garanto que fica lindo ♥ É bom se sentir mulherão de vez em quando. Enfim, muito obrigada, moça.

      Excluir
  18. Olá Kelly, tudo bem?
    Como já lhe disse outras vezes, amo seus textos. ♥ Me identifiquei bastante com esse, pois antigamente tinha vergonha de mostrar quem eu realmente era e acabava me escondendo dos outros. Atualmente, estou deixando a timidez de lado e procuro me abrir mais, sobretudo com familiares. Me sinto angustiada quando deixo de expor algo que está me fazendo mal.
    Ainda não criei coragem de usar batom vermelho porque acredito que ficará chamativo em mim, uma vez que sou branquinha demais (rs).
    Beijos :*

    http://midnight-skies.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se esconder é a pior coisa que a gente pode fazer. Temos que nos aceitar como somos, não por obrigação, mas por sabermos que isso é incrível e conhecermos nossos potenciais, qualidades e até mesmo defeitos ♥ É muito bom que esteja conseguindo se abrir, e tente usar o batom vermelho, garanto que uma hora vai amar.

      Excluir
  19. Ai que texto lindão ♥
    Venho me sentindo meio assim também, me torna todas as minhas possibilidades! Ter orgulho em me mostrar como sou, sem me sentir frágil, ou irreconhecida.
    Se conhecer é gratificante.
    Blog Seja Frugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser diversas possibilidades é uma delícia, não é? ♥ Muito obrigada,moça. Fico feliz que tenha gostado do texto.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤