12 abril 2016

Questão de tempo

Costumo dizer que quando vemos um filme, ou lemos um livro, a história passa a nos pertencer também, como se fizesse parte do que somos, ou do que queremos ser. Por diversas vezes me deparei com obras cinematográficas que me tiraram o fôlego, ou me deram um belo soco para acordar diante da vida. Não foram poucos os momentos em que me senti compreendida. Porém, recentemente, assisti ao filme Questão de Tempo, e ainda estou tentando encontrar um jeito de sobreviver diante dessa história, porque não se trata do que sou, do que quero ser ou do que espero da vida. Não se trata dos dias ruins, de falas programadas ou romances elaborados. Se trata do tempo. Dos detalhes sórdidos que não enxergamos e fazemos questão de fingir que não existem, mesmo sabendo que estão em todo lugar. Detalhes esses que poderiam mudar o destino. Ou o mundo.
A história se parece muito com um romance qualquer, desses encontrados na literatura clássica que nos fazem pensar que aquilo tudo jamais acontecerá de verdade. Um romance barato e clichê. E talvez seja mesmo, mas são as entrelinhas que deixaram uma marca bem funda na pessoa que vos escreve. É que nós nunca estamos satisfeitos com o que temos. Nunca estamos felizes pelo que somos. Sempre haverá um buraco no peito para ser preenchido com sonhos inalcançáveis e inúteis que não mudariam nada caso se realizassem. Nós vamos longe demais, querendo coisas, ou pessoas, que não nos acrescentariam um pinguinho de felicidade. Somos insaciáveis de sentimentos. Vivemos com a certeza de que amanhã poderá ser diferente, mas raramente paramos para pensar no agora. Não nos importamos com o presente. Amanhã é outro dia. Mas, e hoje?

Se eu lhe perguntasse para onde iria caso pudesse voltar no tempo, qual seria sua resposta? 

Tenho certeza que muitas pessoas dariam tudo que possuem para consertar alguma coisa do passado. Poderia ser um relacionamento que deu errado, um acidente inesperado, um último momento, um último abraço. Por mais que queiramos não pensar nisso, pensamos constantemente. Vivemos cada dia como se fosse só mais um, com uma ideia fixa na cabeça de que isso ou aquilo poderia ter sido diferente. Eu faço isso mais do que deveria e, provavelmente, você também, mas já parou para pensar no que isso iria lhe afetar? Como seria sua vida se aquele momento em especial tivesse sido diferente? Consegue imaginar em quem você se tornaria? Tem certeza de que não se arrependeria?

O personagem principal do filme, quando descobre ser um viajante do tempo, faz de tudo para arranjar uma namorada, voltando inúmeras vezes para o mesmo momento, só para conquistar a garota dos seus sonhos. Mas, a medida em que seus dias vão passando, ele entende que pode usar seu passado para corrigir coisas do presente, só que não se dá conta de que foi exatamente seus erros lá de trás que o fizeram ser quem é hoje. No fim, compreende que viajar no tempo só serve para uma única coisa: aproveitar o dia como se fosse o último da sua vida, porque mesmo tendo controle sobre tudo, não conseguirá evitar a morte ou a perda. E mesmo que volte ao passado e tente viver aquilo novamente, não será igual. O sentimento não será o mesmo. Afinal, um detalhe mínimo pode mudar sua vida drasticamente.

Que momento você mudaria? Ele te faria mais feliz?

Apesar de não podermos voltar no tempo para consertar os erros, tenho a certeza de que podemos fazer de tudo para que a vida seja diferente, lembrando que são exatamente aqueles pequenos deslizes lá de trás que nos fizeram amadurecer. Forem eles que nos moldaram. E se as coisas não estão boas por aqui, refaça seus passos. Deixe os problemas de lado e viva de verdade, e mesmo que isso não pareça muito simples, ser leve tem lá suas vantagens. Pode ser seu último momento de fazer a diferença. Não desperdice seu tempo com bobagens ou prioridades que na verdade não são importantes. Pare de se irritar sem motivo e dê uma gargalhada gostosa quando algo tentar lhe afetar. A vida é muito mais do que o dinheiro que você ganha ou o trabalho que você tem. É muito mais do que uma reunião de urgência ou uma palavra mal colocada em uma conversa. A vida é um parque de diversões, e você precisa ter coragem para ir em todos os brinquedos.

26 comentários:

  1. Acho esse filme tão amorzinho.
    A melhor parte é o pedido de casamento rs.
    Nunca parei para pensar o que mudaria se pudesse voltar no tempo, acho que são muitas coisas hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme super fofo ♥ E sim, o pedido de casamento é a melhor parte, e a menos romântica também aeiauheh. Sinceramente? Eu não mudaria muitas coisas. Acho que faria quase tudo novamente. Sei lá.

      Excluir
  2. Eu nunca assisti a esse filme, mas sempre vejo essa imagem do post rolando pela internet e ficava me perguntando a qual história pertencia, é desse filme? HAHAH porque se for, esse casal parece ser muito amor. Vou tirar um tempo pra assistir, beijos.

    www.imcitadin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, esse casal é desse filme ♥ Eles são muito fofos. Tenho certeza de que vai se encantar pelos personagens e pela história. Espero que consiga assisti-lo.

      Excluir
  3. Parabéns pela resenha,achei incrível e tocante! Fiquei curiosa para assistir o filme haha

    Beijos,
    WWW.falandoemturismo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há, que bom que gostou, moça ♥ Veja sim, é um filme ótimo, sem contar que, apesar de todo romantismo, tem muita comédia envolvida.

      Excluir
  4. Vi seu post em um grupo do FB e adorei a sua descrição do filme, geralmente não curto esses romances mas você o fez até parecer interessante. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que o filme não é bem um romance, sabe? É mais uma comédia que nos faz pensar sobre a vida. É muito bom. Deveria dar uma chance ♥

      Excluir
  5. Minha cara, parabéns! Nossa!! Sempre sou bombardeada com seus textos e essa reflexão, veio a calhar.
    Nunca parei pra assistir do começo esse filme mas já vi algumas partes na troca de canal e tal, mas agora super me interessei em cair nessa reflexão contigo.
    A gente não imagina o quanto que umas palavras bem organizadas numa determinada ocasião não podem mudar o dia dos outros né? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu fico bem feliz com isso, moça ♥ Acho que talvez seja só um filme qualquer, mas se parar para ver mais de perto, consegue entender o que ele quer passar. Não temos nem ideia do quanto um único momento é único e super importante. Espero que veja o filme e que goste tanto quanto gostei. E um obrigada pelo carinho ♥

      Excluir
  6. AMO este filme, ele é tão lindinho <3 Nunca canso de assistir
    XO, Blog da Rachel

    ResponderExcluir
  7. Demorei para assistir esse filme, mas me apaixonei por cada cena. Romances por si só já me conquistam e esse tem uma temática tão incrível. Adorei o sentimento que colocou na resenha ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é um encanto ♥ É difícil encontrar um romance que não foque somente no romance em si, acho que por isso ele é tão incrível. Muitíssimo obrigada, moça.

      Excluir
  8. Sou apaixonada por esse filme, é tao fofo, a pior parte é quando ele decide parar de ver o pai :(

    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir
  9. Olá Kelly,
    Eu assisti esse filme já tem alguns anos, achei lindo o que vc disse no início do post, sobre as histórias nos pertencerem. Refleti sobre isso e percebi que me sentia exatamente assim porém ainda não tinha parado para transformar esse sentimento em palavras. Achei lindo.
    BOm, sobre o filme, gosto muitos dos filmes da Rachel, ela costuma fazer romances e dramas e eu sempre procuro acompanhar. A mensagem desse filme é muito legal e vale a pena, é uma ótima opção para quem gosta de romances :)

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem tantos filmes bacanas por aí que nos descrevem, não é? Alguns, como esse, nos fazem pensar em nossas escolhas, nossos caminhos. É um romance lindo que mexe com qualquer emocional e psicológico. Também amo os filmes com a Rachel, ela sempre interpreta papéis maravilhosos ♥

      Excluir
  10. Eu nem acredito que demorei tanto tempo pra assistir esse filme, sério! Eu gostei tanto que não consigo nem explicar. A mensagem que ele transmite vale tanto à pena, sabe ? Eu não sei o que faria se pudesse voltar no tempo, não acho que mudaria nada, apenas iria pra viver os momentos felizes de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também levei tanto tempo para conhecer a história que fiquei mega chateada quando vi e me encantei. Traz um aprendizado incrível e nos faz pensar sobre a vida ♥ Eu amo essas reflexões.

      Excluir
  11. Oi Kelly, tudo bem? Já vi algumas meninas indicando esse filme mas ainda não assisti :/ Acredito que todas as pessoas se pudessem voltariam sim no tempo para aproveitar algum momento especial ou então consertar algo (esse é o meu caso). As vezes é difícil conviver com atitudes que tivemos no passado, pior ainda saber que por mais que façamos melhor daqui pra frente isso não ajudará em nada. Podemos fazer os próximos dias diferentes e só. Sua reflexão sobre o filme foi bem profunda e nos faz pensar bastante em nossas ações. Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é incrível, se tiver um tempinho e puder assisti-lo, faça isso, porque vai abrir um caminho imenso na tua frente, principalmente quanto a sua questão de querer consertar algo, sabe? Acho que tudo que fazemos tem uma consequência futura, e mesmo que não seja do nosso agrado, acabamos aprendendo muito com isso ♥

      Excluir
  12. acho que se a pessoa vai ver esse filme achando que é apenas mais um romance não vai absorver o verdadeiro significado dele.

    aproveitar cada segundo, ter a consciência de que tudo acontece por um motivo. essas foram as duas coisas que esse filme libro me ensinou <3 já é um dos meus preferidos, um que eu indico para todos os seres humanos hehe

    ah, seu post está tão inspirador, emocionante e fofo *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é incrível, né? Tem que assistir com o pensamento bem aberto mesmo, porque não é nada clichê. Tem uma mensagem bem intensa ♥ Que bom que gosta dele, sério. Também é um desses que quero indicar para todo mundo rs.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤