28 abril 2016

Coisas que todo leitor odeia

Se engana quem pensa que ser leitor é uma coisa fácil. A gente tem que lidar com centenas de sentimentos ao mesmo tempo e ainda ter coração de sobra para terminar de ler as histórias. É uma mistura de sensações quase impossíveis de descrever. Muitas pessoas talvez nem mesmo entendam, mas ler um livro é como se transportar para um universo paralelo, onde os personagens são seus melhores amigos e cada frase é um momento do seu dia no novo lugar. É como se a nossa imaginação fosse longe o suficiente para criar situações incríveis. Sério, cá entre nós, eu ainda não sei como podem interpretar os livros como uma coisa chata. Já tentou criar uma história completa na sua cabeça? É sensacional.
Mas algumas coisas, nesse mundo peculiar dos leitores, não são tão boas assim. Sempre acontece de um livro não corresponder as expectativas, de um autor matar o personagem que você mais gosta ou de rolar aquele momento de "eu tô perdida". De vez em quando a gente se decepciona, chora e tentar entender os motivos do autor. É uma relação complicadíssima e requer muita paciência, afinal, nem tudo são flores. Então, para representar um pouquinho desses sentimentos, resolvi participar de um tema da blogagem coletiva do grupo Blogs Up, listando algumas situações nada legais que todo leitor vivencia, já vivenciou, ou vai vivenciar em algum momento dessa trajetória literária. 

Ouvir que todo romance é igual. Eu sou apaixonada por romances, independentemente do estilo que tiver. Eles me dão um quentinho tão gostoso no peito quase impossível de descrever. Mas sempre surge alguém que me pega de surpresa quando estou lendo. "Você já reparou que todo romance é igual? Nem sei por que perde tanto tempo lendo essas coisas". Sabe aquela vontade de voar na pessoa e esfregar na cara dela que tá tudo errado? Pois então. Mas você respira fundo e finge que nada aconteceu.

Adaptações ruins. Não tem nada pior do que amar a história de um livro e se decepcionar aos montes quando vai ao cinema assistir a adaptação. É como se destruíssem cada coisinha boa que você sentia. Mas não é só isso, a situação piora mais ainda quando o roteiro não tem absolutamente nada a ver com o livro. De vez em quando me pergunto de onde tiram tanta imaginação (ruim) para fazer essas adaptações.

Gente que não leu o livro e se julga entendido da história. Sabe aquela bendita pessoa que nunca leu o livro, mas se julga uma expert no assunto por ter visto o filme no cinema? Ou pior, quando dizem que não precisam conhecer a história já que o filme é horrível. Eu tenho fobia dessa gente. Sério. Não vou dizer que nunca vi um filme antes de ler o livro, mas interpretar desse jeito é pedir para ser xingado até o último segundinho.

Empréstimos sem devoluções. Peguei um trauma absurdo de emprestar meus livros. Não empresto nem mesmo para a pessoa mais confiável. O motivo? Bem, minhas experiências não foram nada agradáveis das últimas vezes. Recebi o livro todo rasgado, molhado, cheio de orelhas e PASMEM com marcador de texto amarelo em cada folhinha. E quando nem mesmo devolvem? Prefiro guardá-los bonitinhos para não correr esses riscos.

"Você já tem muitos livros, não precisa comprar mais". Oi família! Minha coleção aqui em casa cresceu muito nos últimos meses por conta das promoções, o que resultou em uma estante cheia e livros por todos os cantos. Mas nunca é o suficiente. Ter uma coleção bela, recatada e do lar é a coisa mais sonhada de um leitor. Então, sim, precisamos ter todos os títulos cabíveis na estante e um punhado de outros na lista de desejados.

Spoilers por todo lado. Dá vontade de se esconder num cantinho e só sair de lá quando os spoilers terminarem. Época de estréia, então, é uma tortura. Tem vezes que estou lendo tranquilamente uma resenha e eis que surge um, mas continuo lendo porque não me dou conta de que acabei de saber do final da história. É uma tristeza, Aquela animação em ler o livro/ver o filme acaba no mesmo instante.

Pessoas que usam marca-texto ou dobram as páginas. Não tenho nada contra, mas me dá uma dor no coração quando vejo alguém marcando um trecho inteiro. Gente, existe post-it e caderninho de anotações, sabe? Não precisa judiar do livro. E as orelhas? Existe marcador de página, alguns até muito bonitinhos. É só uma questão de hábito, sem contar que o livro dura muito mais tempo e fica muito mais conservado.

Quando o livro acaba e só resta um vazio. A pior sensação do mundo é quando uma história linda, que te preenche, acaba. Aquele vazio no peito demora um tempão pra fechar, mas é só começar um novo livro que as coisas mudam. É um ciclo vicioso, e muito bom, que todo leitor se recusa a deixar de lado. A gente sente até o último instante, faz drama, se derrete com a morte dos personagens, mas vale a pena todo excesso de sentimento.

26 comentários:

  1. "Ouvir que todo romance é igual" essa eu ouço todo dia quando minha mãe passa pelo meu quarto e vê o que eu ando lendo, aff!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas então, mas o julgamento vem de outras pessoas, algumas até que nem me conhecem iauheihe. É engraçado, porque só quem lê consegue entender e perceber as diferenças entre cada autor e personagens ♥

      Excluir
  2. Adorei, concordo plenamente com todos os aspectos, principalmente a questão da adaptação ruim, estou sofrendo isso com game of thrones, tá dificil continuar vendo a série de tão porcaria!
    Teu post ficou maravilhoso, parabéns.

    http://www.pinkisnotrose.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não consegui criar coragem para ver essa série, mas ela tem um livro? Sério? Vou procurar ♥ Mas é muito verdade, grande parte das adaptações são péssimas ou tiram a essência da história. Triste.
      Que bom que gostou do post, moça. Obrigada.

      Excluir
  3. Também já estou traumatizada em emprestar livros, tenho um que até hoje não me devolveram x.x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho alguns nomes na lista negra, acredita? Dá uma dó de emprestar.

      Excluir
  4. Quanta verdade! SOS haha
    A primeira vez que emprestei um livro já foi um trauma, porque até hoje a pessoa não me devolveu... Depois disso, nunca mais emprestei. D:
    E essa frase "Você já tem muitos livros, não precisa comprar mais" é o que mais ouço, but who cares? haha Sobre o último tópico: não sei o que dizer, apenas sentir. haha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho medo de que isso aconteça um dia comigo, sabe? Imagina o trauma de cuidar com todo amor e carinho e a pessoa nunca mais te devolver :( Sobre não precisar comprar mais livros, É MENTIRA, a gente sempre precisa de mais ♥

      Excluir
  5. Você já tem muitos livros 😒 Entende uma coisa: eu nunca vou ter livros o suficiente!
    Os spoilers também são um horror!
    Amei o seu Post, me identifiquei com tudo , rsrsrs
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca teremos livros o suficiente, isso é um fato. Até porque, os lançamentos são mensais, ué aiuehiuaeh ♥ Que bom que se identificou, moça.

      Excluir
  6. Nem preciso falar muito coisa rsrss enfim. Não sou tão apaixonado assim por livros minha leitura é maia virtual mas creio que o pior é qndo acaba rsrss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando acaba é realmente uma bad, fica aquele vazio no peito, mas nada que uma nova história não resolva ♥

      Excluir
  7. Que legal, gostei do artigo, não tinha pensando nisto antes kkkk realmente vida de leitor não é fácil. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vida de leitor é uma tristeza, mas vale a pena ♥

      Excluir
  8. Me identifiquei com todas mesmo. Pra mim as piores são as adaptações péssimas e os ladrões de livro Chega até a ser cômico hahaha
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ladrões de livros, adorei aiuheiauheiuh ♥ As adaptações são mesmo um terror.

      Excluir
  9. concordo com seu texto kkk mas na verdade eu gosto de spoilers e quando lia bastante ainda adolescente eu lia o final sempre,antes de ler o livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também faço isso, mas não gosto de saber pelos outros, sabe? Detesto quando quero ler um livro e alguém já me conta o que acontece, dá uma raiva iauhiuhe.

      Excluir
  10. Me identifiquei <3 É tipo você ouvir sempre que os romances do Nicholas Sparks são todos iguais, tem o mesmo fim, mas você se encantar por cada história. Não sou uma leitora assídua, mas imagino como deve ser chato você emprestar um livro e ele não voltar nas mesmas condições, ou simplesmente não voltar haha. Já me apeguei a personagens e senti um vazio quando acabou a leitura, teve uns que eu até foquei na deprê quando acabei de ler.
    Beijos

    www.juhlihipy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros do tio Nick são todos completamente diferentes. Não tem nada de parecido. Sempre vai ter aquela coisa açucarada nas histórias, mas cada um é cada um ♥ Não tem nem cabimento alguém falar uma coisa dessas iaeiauheiuh. E sim, é terrível emprestar uma coisa com tanto cuidado e voltar destruído. Dá uma dó. Morte de personagem é mesmo uma bad.

      Excluir
  11. Gente, o que foi a adaptação de Insurgente? Pior adaptação que já vi na vida! Ah, se eu te conto minhas histórias de empréstimo... Emprestei o primeiro livro de Diários de um vampiro e ela estava demorando pra devolver. Ficou com medo de mim. Sabe oq fez? COLOCOU A CHAPINHA EM CIMA DA CAPA! Ficou um queimado bem no olho verde. Ai emprestei de novo achando de não podia piorar. Pra outra pessoa, claro. E sim, piorou. Recebi COM A CAPA COLADA COM WASHI. Quase morri. E tem mais histórias.... nunca mais empresto nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li o livro da trilogia, não deu tempo, socorro, mas já ouvi muita gente dizendo que os filmes são péssimos comparados com o livro. E, menina, que história mais triste. Vi a foto no face e quase surtei. Sendo bem sincera? Eu pediria um livro NOVINHO EM FOLHA. Porque ninguém merece receber de volta a coisa toda detonada. Sério, peça um novo u.u aiueiuhe ♥

      Excluir
  12. QUANDO O LIVRO ACABAAAAA!! Vazio eterno :'( mas confesso que quem não sabe ler sem estragar o livro me dá mto nos nervos!!! Outro sofrimento são as adaptações bosta para o cinema, tenso!!

    bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vazio do fim é uma deprê, mas a gente não desiste nunca e continua lendo rs ♥ Também compartilho dessa sensação, fico irritada quando vejo alguém lendo sem cuidado algum com o livro. Dá uma dó tão grande.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤