21 abril 2016

Autoria do Leitor: fizemos tudo errado

O Autoria do Leitor anda um pouquinho parado ultimamente, então, para quem ainda não sabe, venho avisar que o blog tem um cantinho todo especial destinado aos leitores. Todas as regrinhas e informações podem ser encontradas ali no menu, incluindo meu e-mail. Qualquer pessoa pode participar do quadro enviando um texto, um conto ou até mesmo pedindo um conselho. Sei que não sou muito boa com essa última parte, mas tentar ajudar já é um grande avanço. De qualquer forma, esses dias fui lembrada pela Anna, que me enviou um textinho de sua autoria. Apesar de simples, é bastante intenso. Ela me conta também que ainda não criou coragem para publicar o que escreve, mas convenhamos que deveria tentar, pois escreve lindamente. Infelizmente ela não tem blog, mas disse que talvez esse seja um dos melhores textos que já escreveu. O mais pessoal, provavelmente.
"Já tentei escrever esse texto um milhão de vezes. Volto a música pensando que talvez ela me ajude a colocar no papel tudo o que sinto, mas isso só faz com que eu enjoe das minhas preferidas.

Me pego pensando em você em quase todas as horas do meu dia. É um saco, eu sei, mas não é algo que eu possa controlar. Confesso que eu sonho no dia em que simplesmente te esquecerei, no dia que acordarei, te encontrarei e me surpreenderei quando perceber que você não passa de um conhecido qualquer.

Você fala para eu pensar só nos momentos bons, mas você consegue fazer isso? Consegue só enxergar o amor que tivemos? Consegue só lembrar dos nossos beijos e dos sorrisos que demos? Pois é, eu também não. Sei as burradas que fiz e sei as inúmeras vezes que falhei com você. Admito que errei muito mais nessa relação, mas você parou de lutar, se acostumou com a dor e desistiu de tentar. Eu não sou assim. Eu sou intensa, fria, insegura, forte e batalho até o fim pelo que acredito. E você era a única coisa que eu acreditava ser capaz de me salvar. Me salvar de mim mesma.

Engraçado isso, né? Uma pessoa lutar por outra só para se salvar. Por quê? Porque eu acreditava que com isso a culpa que eu sentia por ter te destruído iria embora. Achava que poderia te olhar e parar de sentir dor, que pararia de sentir nojo ao me olhar no espelho. Tudo porque despedacei seu coração. Mas quer saber? Você também me destruiu, meu bem. Foi difícil ver que a vilã da história não sou eu. Os dois falharam, os dois construíram muralhas altas demais para ultrapassar, os dois destruíram algo que poderia ser um desses amores que encontramos em bons livros de romance. Mas era um mais frio do que o outro, um com mais medo de se machucar do que o outro, talvez até um mais suicida que o outro. Não éramos opostos, éramos iguais. Dois marrentos, esquecidos, orgulhosos e cheios de manias loucas.

Eu queria viver para me encontrar, você queria se encontrar para viver.

Talvez esse seja o nosso erro, meu amor."

34 comentários:

  1. Que texto lindo. Deu para sentir a emoção e a intensidade das palavras. Sem contar que ele, mesmo sendo pessoal, descreveu um pouco do que já passei. É uma pena que a autora não tenha um cantinho próprio para divulgar seus textos. Ela, com certeza, teria muitos leitores.
    Ah, e é muito bom esse seu espaço para o leitor, Kelly. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, o texto dela é bem intenso e descreve muito bem momentos como esses ♥ Também acho ser uma pena isso, mas ela deve ter suas razões para ainda não ter.
      Obrigada pelo carinho, moça. É sempre bom ouvir um pouquinho de vocês.

      Excluir
  2. Curti bastante o texto. Me identifiquei muito com o primeiro parágrafo.

    garotaveneta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto é um encanto mesmo ♥ Que bom que gostou.

      Excluir
  3. Respostas
    1. É lindo mesmo, a Anna vai gostar de saber disso ♥

      Excluir
  4. chorei , de vdd , me descreveu , tão intenso e sincero , sempre escrevi textos assim ,mas nunca tive coragem de mostra-los a ninguém (li ouvindo talk me down de troye sivan e chorei rios kkk)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, como nunca teve coragem de mostrá-los? Manda pra cá que a gente mostra iuaheiuhe ♥ O texto da Anna é um mimo. Que bom que se identificou com ele, e sobre a música, foi uma ótima escolha para o momento.

      Excluir
  5. Texto forte! O mais importante de tudo é a pessoa reconhecer a parte que lhe cabe e largar aquilo que não é responsabilidade dela. Anna precisa começar um blog pra ontem! Texto maravilhoso!
    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, moça. Precisamos separar aquilo que é de nossa responsabilidade e aquilo que não veio da gente. Diversas vezes pegamos um peso que não é nosso por culpa, infelizmente.
      E sim, a Anna precisa começar um blog ♥

      Excluir
  6. Que texto mais lindo! ♥
    a Anna escreve muito mesmo, deveria ter coragem de publicar seus textos! *-*

    ResponderExcluir
  7. Lindo, simples, verdadeiro e intenso. Eu comecei assim, escrevendo somente para mi, durante anos da minha vida. Se eu tivesse tomada a iniciativa antes teria muito tempo de blogosfera, ou quem sabe teria lançado um livro, mas nunca quis expôr. Acho que tudo tem seu tempo certo, talvez agora não seja o momento, mas caso ela queira eu leria os textos do seu blog pela simplicidade e sensibilidade que possui, vejo muitos com egos inflados, e pessoas que escrevem desta forma pra mim possuem um grande diferencial. Parabéns Anna! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acredito muito nessa coisa de que tudo tem o seu tempo. Se a pessoa não se sente bem em começar determinada coisa, provavelmente deve ter suas razões e está mais do que certa em ter paciência. A Anna escreve mesmo lindamente e com uma simplicidade incrível ♥

      Excluir
  8. Caraca, foi intenso. Realmente não é o tipo de coisa que se escreve "do nada", esse aí vem com carga sentimental!
    Adorei você abrir um espacinho pra textos da galera aqui, muito legal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Textos recheados de sentimentos são os melhores ♥ Fico feliz que tenha gostado desse espaço.

      Excluir
  9. Eu vejo romances de uma forma tão diferente. Acho que eu conseguiria me colocar na situação do texto ao meu "eu" de anos atrás, hoje em dia não mais. Não culpo a mim, nem a ninguém. Acho que simplesmente deixei de me importar tanto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez entenda seu ponto de vista. Uma hora deixamos os romances de lado, mas também não consigo me ver sem eles rs ♥

      Excluir
  10. Acho incrível a ideia de abrir seu blog para compartilhar as escritas de outras pessoas. É cativante a ideia!
    E o texto da Ana é lindo! Há sentimento em cada palavra e é possível ver que todas foram bem pensadas, selecionadas e escritas.
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigada, acho muito bacana poder conhecer a escrita das outras pessoas e acredito que isso ajuda bastante ♥ O texto da Anna é realmente um encanto.

      Excluir
  11. Uau, que escrita intensa da Anna! :) E ah, parabéns por abrir seu blog para oportunizar postar os textos dos leitores ^^ Demais a ideia Kelly!
    Sobre o texto escrito, amores são amores e desencontros são desencontros. Parece que ela está com o coração partido e dá vontade de abraçar ela <3 hihi

    Beijinhos x3
    Sarah,
    http://pequenomundodesarah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da ideia ♥ Dá mesmo essa sensação, mas abraço virtual também vale, não é? O texto dela é maravilhoso.

      Excluir
  12. Que texto lindo! Me tocou muito pois passei por situação parecida recentemente, inclusive escrevi sobre isso no blog. Parabéns para a Anna, escreve muito bem!
    Beijos
    https://blog-mundodalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom que tenha se identificado. A Anna escreve bem mesmo ♥

      Excluir
  13. Bonito texto, um pouco triste talvez, mas muito bem escrito.
    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não tinha visto esse quadro aqui, muito legal a iniciativa. O texto dela ficou muito bonito e intenso. Adorei <3
    bom final de semana!

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora conhece ♥ Que bom que gostou moça.

      Excluir
  15. Que blog mais amor e que texto mais lindo. Muito amor mesmo! Tão sensível, fluído mas, melancólico....
    Amei a postagem! Parabéns pelo blog também <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nha, muito obrigada pelo carinho ♥ Que ótimo saber que gostou daqui. A Anna também vai adorar saber que gostou do texto dela.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤