12 dezembro 2015

Últimos filmes do ano

Preciso dizer o quanto é bom não ter uma pilha de trabalhos para fazer, documentários para construir ou entrevistas para gravar? Minha última semana foi bastante tranquila e felizmente estou conseguindo colocar a cabeça no lugar novamente. Não existe sensação melhor. O fato é que finalmente tive tempo para fazer algo agradável e preguiçoso. Coloquei em dia os últimos filmes do ano, e vou considerá-los assim porque provavelmente serão os últimos mesmo. Assistirei diversos outros até a virada, obviamente, mas não novos, se é que me entendem. Sendo assim, vim compartilhar um pouquinho sobre cada um deles e deixar minha indicação para quem quiser. Afinal, quando é que um filme se torna demais?
Terremoto - A Falha de San Andreas. Um dos que mais gostei, admito. Assim que estreou, não dei absolutamente nada pelo filme, simplesmente deixei quieto e pensei que seria um outro qualquer, mas estava bastante errada. Admiro muito os papéis do Dwayne e esse não poderia ser uma exceção. A história é incrível e trás um lado sentimental familiar bem aconchegante. Em tese, um terremoto atinge a Califórnia e faz com que Ray, um bombeiro especializado em resgates, tenha que percorrer o estado ao lado da ex-esposa para resgatar sua filha, que tenta sobreviver em São Francisco com a ajuda de dois jovens irmãos durante o ocorrido.
Homem-Formiga. Acho um tanto difícil os filmes da Marvel serem ruins, o que me leva a acreditar que todo mundo acaba gostando. Confesso que também não botei muita fé em cima, mas dei uma chance e, no fim das contas, me interessei. Dr. Hank Pym, o inventor da fórmula do encolhimento, anos depois da descoberta, precisa impedir que seu ex-pupilo Darren, consiga replicar o feito e vender a tecnologia para uma organização. Depois de sair da cadeia, Scott Lang está disposto a reconquistar o respeito da filha. Com dificuldades de arrumar um emprego honesto, ele aceita praticar um último golpe. O que ele não sabia era que tudo não passava de um plano do Dr. Pym que, depois de anos observando, o escolhe para vestir o traje.
Um Santo Vizinho. Apesar de ter tirado conclusões precipitadas, o filme é muito bem feito. Aparentemente demonstra ser bobo e sem conteúdo algum, porém, com o decorrer da história, torna-se um tanto sentimental. Tem muita comédia envolvida e muito amor também. Maggie acaba de se divorciar. Ela e o filho de 12 anos, fragilizado com a separação dos pais, se mudam. Um vizinho, Vincent De Van Nuys, se aproxima deles e se oferece para cuidar do menino. Depois de hesitar, Maggie aceita, pois é enfermeira e faz plantões de madrugada. Uma grande amizade nasce entre o menino e o veterano de guerra. Apesar de ele não ser a pessoa mais indicada para cuidar de uma criança, essa amizade faz muito bem ao menino.
Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossível. Conheci o filme por acaso em uma lista aleatória de filmes lançados, mas foi um acaso muito bom e bem feito. Apesar de ser bem diferente do que ando acostumada a ver, é interessante em todos os aspectos imagináveis. Casey Newton é uma adolescente com enorme curiosidade pela ciência. Um dia, encontra um pequeno broche que permite que se transporte automaticamente para uma realidade paralela chamada Tomorrowland, repleta de invenções futuristas visando o bem da humanidade. Ela logo encontra um meio de chegar ao lugar e, no caminho, conta com a ajuda de Athena, uma menina robô, e Frank, que esteve no lugar quando garoto e hoje leva uma vida amargurada.
Férias Frustradas. É aquele típico besteirol que faz você se animar quando o dia não está muito bom. É humanamente impossível não rir das inúmeras cenas ao decorrer do filme. Apesar de que há alguns pontos bem interessantes, entendem? Melhor focar. Trata-se de Rusty Griswold, que trabalha como piloto de avião na EconoAir, uma companhia de baixo custo. Ele é casado com Debbie e tem dois filhos, James e Kevin, que vivem brigando. Disposto a se divertir com a família, Rusty decide seguir os passos de seu pai e comandar uma ida ao parque de diversões Wally World. Para chegar lá, ele aluga um carro albanês, sem imaginar que a viagem em família será bem mais complicada do que o esperado.
Jogos Vorazes: A Esperança - O Final. Vamos primeiro às críticas, o final simplesmente me fez sair do cinema decepcionada, porque sim, mas no geral, o filme é muito bom. Esperava um pouco mais, mesmo não tendo lido o livro, senti falta de alguns detalhes que poderiam ter mudado tudo. Enfim, ainda se recuperando do choque de ver Peeta contra si, Katniss é enviada ao Distrito 2 pela presidente Coin. Lá, ajuda a convencer os moradores locais a se rebelarem contra a Capital. Com todos os distritos unidos, tem início o ataque decisivo contra o presidente Snow. Só que ela tem seus próprios planos para o combate e, para levá-los adiante, precisa da ajuda de Gale, Finnick e do próprio Peeta.
O Melhor de Mim. Não sei o que tem nas histórias do Nicholas Sparks que me derrete sempre que eu vejo algum filme baseado. Esse é um deles. É bastante clichê, com um casal bonitinho e um romance de dar inveja, mas é lindo. Os personagens, então, não preciso nem afirmar o quanto são bons. Quando adolescentes, Amanda e Dawson se apaixonam. O pai da garota não aprova o relacionamento e, com o passar do tempo, acabam se afastando e tomando rumos diferentes. Duas décadas mais tarde, um funeral de um amigo faz com que os dois voltem à cidade natal e se reencontrem. É o momento de ver se os sentimentos persistem e avaliar as decisões que tomaram na vida.
Um Amor de Vizinha. Tem uma história um pouco parecida com "Um Santo Vizinho", mas é um tanto mais romantizado. Você acaba se apaixonando pelos personagens. Mesmo alguns sendo bastante grotescos, consegue-se perceber o coração mole por trás das armaduras. Um corretor de imóveis egocêntrico vive tranquilamente, até que seu filho, com quem não fala há anos, pede para que ele cuide de sua neta por um tempo. Sem a menor ideia de como proceder com uma criança que mal conhece, pede ajuda de sua vizinha para cuidar da menina, mas isso acaba se tornando muito mais do que apenas uma mãozinha. 
Maze Runner. Consegui assistir os dois primeiros filmes da série e acabei me surpreendendo de forma positiva. Nunca havia me interessado muito, mas depois de tantas resenhas resolvi assistir também. É uma história bem parecida com Divergente e Jogos Vorazes, mas por um ângulo diferente. Em um mundo pós-apocalíptico, Thomas é abandonado em uma comunidade isolada formada por garotos, logo após ter sua memória totalmente apagada. Com o passar dos dias, começa a ter sonhos e a se lembrar de onde veio. Logo se vê preso em um labirinto, onde será preciso unir forças com os outros jovens para conseguirem escapar.
Uma Manhã Gloriosa. Esse filme foi escrito especialmente para mim. Não, mentira, mas diz muito sobre como vai ser o meu futuro profissional daqui em diante. Provavelmente esse foi um dos principais motivos dele ter se tornado um dos meus preferidos. Sem contar que a história é incrível. Resumindo, Becky Fuller é uma produtora de televisão que acaba demitida do seu programa de notícias, mas logo consegue uma vaga em uma nova emissora. O único problema é que para elevar a audiência, ela precisa fazer muitas mudanças, entre elas, convencer o premiado Mike Pomeroy a apresentar matérias de moda e entretenimento ao lado da ex-miss Arizona. Com pouco tempo, Becky terá que se virar para driblar o humor de seu elenco, ser reconhecida profissionalmente e ainda viver um novo amor.

20 comentários:

  1. Estou querendo MUITO os livros de Maze Runner. Aquela velha história de ler primeiro para depois assistir ao filme rs.
    A Esperança é o filme que mais me deixou ansiosa, mas ainda não consegui ir ao cinema. Tô vendo que vou assistir em casa mesmo, quando sair no net now.

    beijos
    http://jurodemindinho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os livros não me agradariam, sabe? Mesmo que eu também priorize os livros, nesse caso eu não os leria, não me chama atenção. Mas espero que goste ♥ E sobre o filme de Jogos Vorazes, só te digo que é muito bom, mas poderia ter sido melhor.

      Excluir
  2. Assisti alguns da sua lista e realmente ter tempo para poder desfrutar das coisas que gostamos é uma dádiva, apesar desse fim de ano está uma loucura percebi que consegui colocar coisas que me fazem bem como prioridade.
    Sobre Jogos Vorazes: A Esperança - O Final pra quem não leu os livros o filme foi bem ok, mas quem leu a trilogia sabe que não se tratava de um triangulo amoroso, mas sim de como a Katniss ficou destruída por causa da guerra.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, a sensação de leveza é ótima ♥ Verdade, todo mundo foca no triangulo amoroso, em quem vai ficar junto no final, e não se trata disso. O foco ficou bem distorcido nos filmes. E sinceramente, eu esperava muito mais do último.

      Excluir
  3. Assisti O Melhor de Mim e me apaixonei também tanto que tive que comprar o livro kkkk fiquei muito apreensiva pela história! bjs
    www.parisdepriscila.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é um encanto mesmo, também ando querendo ler o livro ♥

      Excluir
  4. Adorei o post, acho que não é só você que se derrete com as histórias do Nicholas Sparks viu haha já assisti a maioria, mas alguns ainda não, anotei na minha lista pra assistir, faz um tempão que não vejo filmes ;)

    Estranha no Paraiso | Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
    SNAPCHAT: alineeb8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo se desmancha, certamente. É impossível não se apaixonar pelas histórias ♥ Assista sim, garanto que vai gostar.

      Excluir
  5. Melhor que o filme, com certeza, são os livros de Maze Runner. Recomendo! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois pensei em lê-los, mas acho que não me agrada muito, quem sabe dê uma chance ♥

      Excluir
  6. Não assistir nenhum desses filmes. Apenas o primeiro de Maze Runner. hihi
    O 2º semestre na faculdade foi super difícil. Tive que largar tudo pra focar somente nos trabalhos e tal.
    Vou tentar colocar séries e filmes em dia nas férias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O segundo é tão bom quanto, achei bastante interessante, apesar de um pouco clichê. Ah, entendo, a faculdade acaba engolindo nosso tempo mesmo, isso é verídico, também tive que largar algumas coisas na última semana, mas faz parte, espero que consiga colocar tudo em dia ♥

      Excluir
  7. Oii! Ameei a sua lista! Vários filmes desse eu adoro! Difícil eu não gostar de algum filme do Dwayne, quando vi que San Andreas estava em produção eu fiquei suuper animada, pois eu amoo filmes de desastres/fim do mundo (não me julgue hahahaha) e, realmente, o filme é muito boom! Homem-Formiga também não estava com altas expectativas (apesar de adorar o universo Marvel) mas também adorei! E Maze Runner se tornou uma das minhas séries favoritas, é só amor. Apesar de eu ter achado o segundo filme um pouco inferior ao primeiro mas, o livro é simplesmente demais! Recomendo a leitura.
    Super beijoo. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele sempre faz uns filmes muito bons, né? Também gosto bastante dos papéis dele ♥ Eu também gosto, então não irei julgá-la auuiahe. Maze Runner é bom sim, não chegou a se tornar um dos meus preferidos, mas é de uma produção incrível.

      Excluir
  8. Ei, tudo bem?
    Eu não sou tão ligada em filmes, mas estou tentando mudar isso. O que eu mais quero assistir dessa sua lista é Tomorrowland, que é bem do gênero que eu curto. Não sou muito fã do Sparks, mas estou bem curiosa para ver O Melhor de Mim. Homem-Formiga e Mazzer Runner também estão na minha lista, bora aproveitar as férias né ><

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, filmes são uma delícia. Tomorrowland é muito legal, é criativo também porque não é parecido com nada, sabe? Espero que goste dos que quer assistir. E sim, bora aproveitar ♥

      Excluir
  9. Dos que tem aí só assisti Tomorrowland e gostei bastante por sinal, achei muito criativo porque de início pensei que ia ser totalmente diferente.
    Essa história que os filmes baseados nos livros do Nicholas Sparks fazem a gente derreter por dentro é muito verdadeira. Li basicamente todos os publicados no Brasil do autor, inclusive O Melhor de Mim, tinha esquecido do filme e já vou providenciar uma data para assistir. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomorrowland é aquele filme que você começa a assistir pensando ser uma coisa, e no fim das contas se surpreende porque não tem anda a ver com aquilo que pensou aiehiuhe, mas é muito bom ♥ E os filmes baseados nos romances do Sparks são sempre bem vindos. É um mais bonito do que o outro.

      Excluir
  10. Adorei a lista! Só assisti Jogos Vorazes e compartilho do teu sentimento, também esperava muito mais do final. O começo do filme foi parado, me deu sono, e ao longo da história, o fim ficou bem previsível. Quero ler os livros, dizem que explica bem melhor. Fiquei com vontade de ver vários filmes que tu citou aí! :D

    http://desapegomental.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a cena final e principal, por assim dizer, eu já deduzi que iria acontecer na metade do filme. Aí me perguntam "mas como sabia se isso era inesperado?", não era, bastava prestar atenção. Mas dizem mesmo que os livros são ótimos, quero lê-los logo também ♥

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤