04 novembro 2015

A loucura de acreditar no amor

O amor tem um pouco de louco sim, de insensatez. Talvez, mas somente talvez, seja exatamente por isso que ele anda tão desacreditado por aí. Todo mundo quer uma certeza, pés no chão, cabeça firme e um coração bastante cuidado, seja por si mesmo ou pelos outros. Aquele frio na barriga, as emoções constantes e as saudades incertas, passam longe. Quem em sã consciência quer conhecer o amor? Se entregar de corpo e alma à alguém que pouco conhece, que não tem tamanha confiança para fazer aquela brincadeira boba de se jogar para trás e saber que o outro o pegará, afinal, isso vem com o tempo. Ninguém quer se meter nessa loucura, se afogar nesse mar de delírios e sentimentos insanos.
Eu ainda me arrisco em escrever que o amor é uma conta matemática errada, dessas que você acredita que o x vale um número decimal e no final não tem importância alguma, ou, então, que ambas as letras deveriam ficar separadas, mas insistem em se tornarem um resultado só. Não temos evidências, não podemos afirmar com convicção. A partir do momento em que temos um coração bombeando sangue e os sentimentos mais puros alojados por dentro, jamais teremos certeza sobre o amor. Sobre amar. Sobre a dor. Sobre a saudade. Se torna inconstante, desequilibrado, meio tolo. É loucura, me disseram isso uma vez.

Ainda que me provem que essa ternura não existe mais, torço os dedos para que seja verdade de que de médico e louco todo mundo tem um pouco. As melhores pessoas são assim. Malucas. Piradas da cabeça. Estão apavoradas, perdidas, essa é a verdade. Logo pela manhã, os noticiários já avisam que a violência não é nenhuma novidade, que a guerra continua e que nenhuma flor dentro de uma espingarda mudará isso. Pessoas inocentes estão sendo veladas. Grandes famílias ganham um rombo, fica um vazio inerente. Homens voltam de lutas armadas segurando seus corações nas mãos, pingando sangue. Os trazem remendados, repletos de costuras. Os dias não possuem mais cor. A discórdia, por fim, reinou.

Ainda que pareça errado, tudo isso pode ser parado. Aquela brincadeira de que citei, por mais ridícula que seja, consegue imaginar fazendo-a com alguém? Se a resposta for sim e imaginar mais de um rosto em sua mente, guarde-os em um potinho fechado, dentro do cofre mais seguro que tiver. Não se desfaça. Ainda que a batalha persista, o amor sempre encontra um jeito sem jeito de acabar com as hostilidades. Ele pode ser breve para uns e eterno para outros. Exatamente como um passeio em uma montanha russa. Há altos e baixos (morenos e loiros). Tem que ter fôlego para encarar as reviravoltas. Tem que ter garra para suportar as borboletas no estômago.

Mas me perguntam se vale a pena. Geralmente respondo que você irá se jogar de um prédio com cerca de cem andares, sem direito à paraquedas. Seu coração ficará acelerado quase que o tempo inteiro. Terá momentos de ódio. Vez ou outra seus pés se encontrarão flutuando, como se estivesse caminhando por entre as nuvens. Cada coisa que toca terá um pouco mais de cor do que antes. Ficará mais vivo. Sabe, tudo fica mais leve, mais fácil. O mundo não parece tão frio. Não há mais vazio. Você se sente preenchido e transbordando para todos os lados. Escorrendo por entre as palavras. Agora eu lhes pergunto de volta, o amor é tão ruim assim? Confesso que prefiro ser louca. Gosto de uma insensatez diária, juntamente com um café bem amargo, que é para poder manter o equilíbrio.

34 comentários:

  1. "Ficará mais vivo. Sabe, tudo fica mais leve, mais fácil. O mundo não parece tão frio. "
    Há quem diga que sou louca pro acreditar no amor de olhos fechados, mas afinal não somos todos loucos?
    Lindo texto Kelly como sempre. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos sim, há os que se intitulam assim e gostam disso, e há aqueles que se recusam a ser. Acho que faço parte do primeiro grupo aieuaiueh ♥ Obrigada moça.

      Excluir
  2. Há quem diga que o amor é complicado, mas na verdade nós é que somos. D: Às vezes tudo o que precisamos é de um pouco de loucura para nos sentirmos bem e se acreditar no amor for mesmo uma, acredito que seja uma ótima forma de ser louco. haha ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acredito nisso moço, e concordo plenamente nessa história de que nós é que complicamos as coisas, porque é a pura verdade. O amor é leve, simples e singelo, não tem nenhuma complicação ♥

      Excluir
  3. Eu, como romântica inveterada, não poderia concordar mais! Por mais que às vezes seja difícil, sigo acreditando no amor, que muita gente encara como uma fraqueza, mas que eu vejo como um grande sinal de força.
    Como dizia Clarice Freire: "Deixaria todas as coisas por amor. Como não posso, deixo amor em todas as coisas."
    Ótimo texto, parabéns! Um beijo.

    www.sinhamocha.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é fraqueza alguma, aliás, para amar alguém tem que ter muita coragem, porque envolve todos os sentimentos possíveis do mundo. Deixar pequenos gestos de amor nas coisas é uma das maiores provas de que ele ainda existe, e muito ♥ Muito obrigada moça.

      Excluir
  4. " Há altos e baixos (morenos e loiros). Tem que ter fôlego para encarar as reviravoltas. Tem que ter garra para suportar as borboletas no estômago." Acredito que o amor seja exatamente isso. Uma montanha russa, e a cada curva tem algo novo. Às vezes pode doer, mas ajuda a sarar. Mas nem cresci e já quero entender sobre o amor. hahahaha
    Texto incrível, como sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Isa, a gente entra em uma volta sem nem esperar, mas creio que a sensação é uma das melhores que alguém pode sentir ou ter dentro do peito ♥ Acho que somos duas, quero entender também, e muito. Obrigado pelo carinho.

      Excluir
  5. Amor sempre é um assunto que rende belíssimos textos assim como o seu. De louco todo mundo tem um pouco né? Então podemos encarar essa loucura de amar rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, amor é sempre um assunto ótimo para qualquer coisa ♥ De louco realmente todo mundo tem um pouco, e isso é incrível.

      Excluir
  6. Apesar de as vezes eu demonstrar que desacredito um pouco na humanidade, acho que o amor consegue vencer tudo, mesmo sendo tão maluco ❤️
    Adorei o seu texto! tão verdadeiro *-*
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que penso um pouco como você. Também desacredito muito na humanidade, mas ainda confio que o amor pode mudar isso ♥ Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  7. É tão bom ter um amor! é um sentimento lindo e bom de ser sentido.
    Beijinhoos :*

    ResponderExcluir
  8. Sem duvidas que tem que ter garra para suportar as borboletas no estômago, mas como é bom essa sensação. Lindo texto ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As borboletas no estômago maltratam de vez em quando, mas a sensação é uma delícia ♥

      Excluir
  9. "Seu coração ficará acelerado quase que o tempo inteiro. O mundo não parece tão frio. Não há mais vazio. Você se sente preenchido e transbordando para todos os lados." OLHA EU TO BEM APAIXONADA POR ESSE TEXTO!!! Não sei como ainda não conhecia seu blog! Eu, como canceriana manteiga derretida, até chorei lendo esse texto cheio de verdade e sensibilidade. Foi um dos melhores que já li, sério mesmo! Parabéns e, por favor, não pare de escrever! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, moça, fico tão, mas tão feliz em saber que gostou desse jeito ♥ Sinto muito pelas lágrimas, não era essa a intenção, mas entendo quando diz ser manteiga derretida. Somos duas, com toda certeza iuaheih. Obrigada por esse carinho.

      Excluir
  10. "inda que me provem que essa ternura não existe mais, torço os dedos para que seja verdade de que de médico e louco todo mundo tem um pouco. As melhores pessoas são assim. Malucas. Piradas da cabeça. Estão apavoradas, perdidas, essa é a verdade." Melhor parte do texto. Você escreve tão bem é sempre um prazer visitar seu blog, moça ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que delícia ler isso ♥ Obrigada pelas palavras, sério. Fico bem feliz sabendo que gosta.

      Excluir
  11. Não sou a pessoa mais certa para falar de amor, ultimamente ando desacreditada dele....
    Os que mais amei, não me deram amor e quem não amei me amei.
    Sei que devemos manter a esperança....quem sabe um dia encontro o amor perfeito para mim.
    Muito bom o texto, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que não existe essa coisa de amor perfeito? O amor é todo errado mesmo, a gente tem mais é que aprender isso e viver nossas relações como se fossem únicas em vez de compará-las com o ideal. Tenho certeza de que vai conseguir muita coisa se mudar seu pensamento ♥

      Excluir
  12. Os textos mais lindos que já li eu li aqui. Amei. Deu saudade do que me faz flutuar. Ainda bem que ele está pra chegar ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor faz flutuar mesmo, é uma delícia ♥ E que honra saber disso, moça. Obrigada.

      Excluir
  13. Aqui só tem texto lindo meu Deus! <3
    Amei demais!
    Beijos!

    http://blogdakah.tk

    ResponderExcluir
  14. Por não existi uma certeza, é muito difícil acreditar na sua existência, mas como nada na vida é certo, sempre acreditei, porém acho raro. Belo texto, Kelly! Parabéns, sua escrita é ótima.
    Beijão

    Um Momento Qualquer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É raro, mas não é impossível. Tenho certeza de que vai sentir isso um dia ♥ Mais cedo ou mais tarde, mas vai.

      Excluir
  15. Seus textos... me perdi nesse, me conquistou de um jeito especial.
    "Você se sente preenchido e transbordando para todos os lados. Escorrendo por entre as palavras."

    ResponderExcluir
  16. O amor é mesmo louco hein, quando não há faz um falta e tanto, quando existe, nada mais importa, loucura, loucura. Parabéns pelo post, ah, amei seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, é uma verdadeira loucura. E que sorte de quem sente essa sensação, viu? ♥

      Excluir
  17. O amor é complicado, tem suas dificuldades, difícil de entender às vezes, mas... claro que vale a pena, cada sacrifício, cada momento. Preciso nem falar que seu texto foi muito bem escrito, um presente para os mais românticos.
    Beijos e continue assim! :*

    www.Juhlihipy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale sim, vale cada segundinho com a pessoa do lado, com os momentos compartilhados. Vale tudo ♥ Mil vezes obrigada.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤