20 setembro 2015

Uma carta à minha melhor amiga

"Eu pensei em inúmeras formas de começar a escrever isso aqui. Pensei que iniciar com aquela expressão clichê em que lhe chamaria como se fosse uma querida amiga, só que não cabe a nós, não se encaixa. Pensei em optar por um apelido carinhoso desses que não são tão carinhosos assim, mas também não serviria. Convenhamos que as discórdias predominam na maioria das vezes, mas fico feliz em dizer que isso é só mais um dos motivos pelo qual ainda estamos aqui, perto uma da outra. É extremamente raro encontrar alguém que tenha a coragem de criticar você da cabeça aos pés, mas que tem uma força extraordinária para proteger e ser cúmplice da mesma forma. Soaria contraditório se não estivéssemos falando de duas pessoas completamente diferentes, com opiniões tão opostas quanto qualquer coisa imaginavelmente oposta, com gostos e preceitos que não batem em momento algum, mas que se limitam em dois mundos em comum.
Sabe quando você não possui um pingo de inspiração para escrever algo que possa traduzir tudo que sente? Eu poderia ficar escrevendo milhares de coisas, milhares de frases e paráfrases que se complementam, só que não existe nenhuma palavra politicamente correta que descreva em grau e exatidão aquilo que sentimos sobre uma amizade. Para os romances há o amor. Para uma família há confiança. Para a excitação há desejo. Para as dúvidas há interrogação. Mas para as amizades, eu não sei. Não encontrei uma única expressão que seja que pudesse ter o efeito que essas possuem em relação às suas especificações. Acredito mesmo é que seja uma junção de tudo que conhecemos. É uma relação que não vem de sangue, vem de alma.

Peço desculpas por não me recordar de quando tudo isso começou, não sou muito boa com números, talvez por isso seja de humanas, mas você está em um meio termo e se quiser brigar comigo depois, tudo bem, porém, revivendo mentalmente alguns momentos, penso que já são aproximadamente 10 anos de convivência, de puxões de orelha, de brigas e risadas em sintonia, de muito sarcasmo envolvido, muita ironia complexa que poucos entendem. Quase uma década. Quase metade da minha idade. Estamos velhas. Duas velhas ranzinzas que ainda não encontraram cabelos brancos, que mais parecem crianças pequenas sentadas assistindo um desenho animado com brigadeiro de panela no colo.

Espero de coração nunca ter de dizer um adeus, e muito menos um até logo. É como aquela frase: "Se você me pedir ajuda para esconder um cadáver, tudo certo, mas não esquece que eu sei esconder um cadáver". Parece uma ameaça né? E é, que fique claro, mas de um jeito bom. É estranho o quanto sabemos uma da outra e o quanto não sabemos nada. Há muitas coisas que não se compartilham, sei disso, mas acredito que poucas foram as vezes em que não estávamos juntas em uma situação peculiar, ou de mico extremo. Somos muito boas em pagar micos, deveríamos ganhar um diploma para isso, não acha? Torço para que ainda tenham muitos pela frente, só que menos constrangedores, ou que nos rendam boas gargalhadas.

Ainda gostaria de lhe agradecer por tantas coisas, só que seria muito monótono, muito bobo. Se você escolhe uma pessoa para ser sua amiga, você tem que arcar com as consequências de ter muitos instantes divididos, então apenas lhe agradeço pro ter me escolhido para andar junto nesse caminho meio incerto que é a vida. "Algumas vezes você encontra alguém que te faz rir até você não poder mais parar. Alguém que faz você acreditar que realmente tem algo bom no mundo. Alguém que te convence que lá tem uma porta destrancada só esperando você abri-la. Isso é uma amizade pra sempre". Essa frase é da Marilyn Monroe, mas acredito que uma amizade seja exatamente isso. Então um muito obrigado pela caminhada até aqui.

Feliz aniversário moça, quero bolo."

24 comentários:

  1. Olá Kelly, tudo bem? :)
    A carta está lindaaa! Parabéns, de verdade por todo esse talento, se escrevesses um livro, com certeza eu o compraria! Já à algum tempo que não comentava aqui, mas tenho lido os posts sempre que possível e tenho amado, mas neste não resisti e tive de comentar porque está lindíssimo, mesmo! E adorei a frase da Marilyn, não conhecia essa, mas as frases dela deixam-nos sempre a refletir, não é?

    Se puderes passa lá no meu blog também ficarei muito grata! Beijo ♥
    Blog Alexandra's World

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, certamente um dia ainda irei criar coragem para publicar um livro, quem sabe até ano que vem já consiga dar um passinho à frente, mas enquanto isso fico por aqui mesmo ♥ Ela tem umas frases muito boas, concordo. Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  2. Que lindo! Me identifiquei com várias partes. Obrigada por compartilhar esse carinho com a gente. Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigada moça, que bom que gostou ♥

      Excluir
  3. Queria uma amiga pra quem eu pudesse escrever uma carta assim :( haha
    Texto lindo, bem como o seu blog! Estou apaixonada pelo seu layout. Aqui é tudo muito caprichado, adorei! Vou acompanhar (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah moça, tenho certeza de que tem alguém para isso ♥ Muito obrigada pelo carinho, fico super feliz sabendo que gostou daqui. Seja bem vinda.

      Excluir
  4. Que texto mais lindo, me identifiquei com muitos trechos. É tão bom ter alguém especial com quem compartilhar momentos, alegrias, e até os momentos ruins. As diferenças sempre irão existir, mas a gente aprende a lidar com elas. O incrível é ver quanto duas pessoas tão distintas conseguem se dar tão bem e encontrar as suas semelhanças. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, é muito bom ter alguém para compartilhar os momentos, acho que é uma parte boa da vida ♥ Exatamente, por mais que se xinguem, que se briguem e discutam diversas vezes, acabam se dando bem no final.

      Excluir
  5. Que carta linda, de encher o coração de lagrimazinhas!! Eu geralmente sou a amiga que escreve as cartas também rs, tenho certeza que ela vai gostar. Cara como é bom ter alguém assim, que não importa o que aconteça ou quanto o tempo passe, você sabe que essa pessoa está lá por você e você por ela <3 Lindo texto, Kelly, um beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito amor ♥ Sim, é bom perceber que ainda existem pessoas neste nível, que não se enjoam fácil e nem se tornam desconhecidos por pouca coisa. Muito obrigada moça.

      Excluir
  6. Que carta linda! Pensei no meu meu melhor amigo quando li, e é muito bom ter pessoas assim nas nossas vidas, que a gente quer manter pra sempre mesmo com as diferenças!

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom, principalmente quando essas pessoas são recíprocas e nos entendem da mesma forma. As diferenças são as melhores qualidades na verdade ♥

      Excluir
  7. Melhor post da vida, sem mais.
    Beijos de sua melhor amiga meio sumida <3

    ResponderExcluir
  8. Que carta mais amada. Me vi em vários trechos dela, quando tentava escrever para minha melhor amiga explicando o quanto ela era importante na minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil tentar descrever sentimentos assim, né? A gente que tanto falar do amor, mal consegue escrever sobre amizades ♥

      Excluir
  9. Que carta linda, Kelly. Já fiz um post parecido no meu antigo blog, mas infelizmente era uma carta de lembranças, já que perdi minha melhor amiga em um acidente em 2015.

    Blog Paloma Marcarini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que tenha passado por essa perda, eu realmente não sei como seria se perdesse alguém próximo dessa forma, sabe? É como tirar um pedaço da gente :(

      Excluir
  10. Que lindo! Amizades são realmente preciosas e pude relacionar histórias da minha vida com passagens do seu texto.
    É incrível como escreve bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente precisa aprender a valorizar quem anda do nosso lado, não é? Vivemos na correria e pouco percebemos ♥

      Excluir
  11. Muito lindo! A cada palavra escrita reflete umas imagens, lembranças, momentos bons. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que bom que gostou e pôde relembrar algumas coisas ♥

      Excluir
  12. estava com saudades de ler seus textos. Eu já havia lido este, mas por alguma razão não comentei. Hehe enfim, é lindo ver a forma como fala da sua amizade, da sua amiga. Tenho certeza de que ela amou Lee esta carta e tem uma sorte grande em tê-la como amiga. Me identifiquei em algumas partes. É maravilhoso ter alguém com quem possamos compartilhar nossos bons e maus momentos. Nossas alegrias e nossas tristezas. E por mais diferentes que muitas vezes somos, é engraçado como temos sonhos tão parecidos e alguns que até se cruzam. É realmente muito linda uma amizade assim. É reconfortante saber que existe um serzinho que vai estar ali por você, independente de tempo e distância. ❤ Eu, como sempre, amei seu texto. Uma carta que foi escrita com tanto carinho que chegou a transmitir para quem está lendo. ❤ Enfim, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso de ser diferente e, ao mesmo tempo, carregar certo sentimento igual é muito estranho e reconfortante, né? Minhas amizades possuem sonhos e ideais bem distantes do meu, mas a gente acaba se combinando nos apoios, nas conquistas e no compartilhamento de sentimentos. Acho que é justamente por isso que uma amizade vale tanto ♥ Enfim, fico bem feliz por saber que gostou da carta e que tava com saudade de ler meus textos. Fico toda boba aqui aehiaue.

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤