10 abril 2015

Filmes inspirados em livros

Eu sempre preferi a opção impressa de uma história, do que aquela que assistimos no cinema. Parece que tanta coisa muda, tanta cena, tanto diálogo, tanto monólogo. Os personagens não são como imaginamos, os momentos tão esperados são cortados, as falas mais importantes é refeita, o casal principal não combina. Sempre há um porém, um motivo que me faz odiar o filme, e amar incondicionalmente o livro. Mas apesar disso tudo, algumas exceções me surpreendem de uma forma muito positiva, e me faz repensar nos conceitos que criei ao longo dos anos, e acho que não sou a única a pensar assim. Por essa questão, listei meus 10 filmes preferidos, que na verdade foram baseados em livros incríveis. Admito, alguns nem tão maravilhosos assim.
Garota Exemplar foi baseado no livro da autora Gillian Flynn. Dizem que há várias omissões no longa metragem, e que algumas partes se tornaram diferentes do que havia sido proposto na escrita, mas fora isso, grande parte do enredo se manteve fiel, porém sem muitos detalhes. "Amy Dunne desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, ele tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy".
Intocáveis na verdade é uma adaptação de O Segundo Suspiro. Phillipe Pozzo é real e conta sua própria história no livro, porém o filme foi feito com base nos acontecimentos, o que o leva a ter uma leveza entre os dois personagens principais. "Philippe é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss, um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro".
Um Homem de Sorte é da obra de Nicholas Sparks. As críticas são maiores do que os elogios, mas achei uma boa opção para colocar aqui no meio. Basicamente, aquelas coisas que são importantíssimas no livro, não ganharam destaque algum no filme, o que o levou a ser um clichê fútil que pouca gente gosta. "Em meio a uma batalha em plena Guerra do Iraque, o fuzileiro Logan Thibault encontra no chão a foto de uma mulher desconhecida. Ele a guarda e passa a cuidá-la como se fosse um talismã, prometendo que, caso sobreviva à guerra, irá encontrá-la. Meses depois, ele retorna aos Estados Unidos e passa a pesquisar onde ela poderia morar a partir de pistas dadas pela própria foto. Ele a encontra em um canil, onde trabalha juntamente com a avó e vive com o filho pequeno. Logan passa a também trabalhar no canil, sem revelar o verdadeiro motivo pelo qual chegou até ele".
Cinquenta Tons de Cinza é da coleção de livros de E. L. James. As diferenças não são tão gritantes, mas algumas cenas ficaram bem aleatórias do que tinha sido proposto, em grande parte, o sexo explícito teve muitas partes cortadas. "Anastasia Steele é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela entrevistou, para o jornal da faculdade, o poderoso magnata Christian Grey. Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey". 
A Saga Crepúsculo todos sabem que é da Stephenie Meyer. Os livros são mais parados e calmos em relação aos filmes, e alguns acontecimentos são adaptados para não parecem tão estranhos ou tão depressivos, como foi o caso do passar dos meses. "Isabella Swan muda-se recentemente. No novo colégio ela logo conhece Edward Cullen, um jovem admirado por todas as garotas locais e que mantém uma aura de mistério em torno de si. Aos poucos eles se apaixonam, mas Edward sabe que isto põe a vida de Bella em risco por ser um vampiro".
Água Para Elefantes é de Sara Gruen. Ao que parece, o filme foi muito bem adaptado e representado, carregando a essência da história e os detalhes que a enriquecem. Tudo foi pensado antes, e o produto final acabou se tornando fiel ao que foi escrito pela autora. "Jacob Jankowski já passou dos 90 anos e não consegue esquecer seus momentos da juventude nos anos 30, período difícil da economia americana, que o levou a trabalhar num circo. Foi lá, enquanto era jovem e um ex estudante de veterinária, que conheceu a brutalidade dos homens com seus pares e também com os animais, mas encontrou a mulher por quem se apaixonou. Marlena era a encantora dos cavalos, a principal atração e esposa do dono do circo: August, um homem carismático, mas extremamente perigoso quando suas duas paixões estavam em jogo".
Cartas Para Julieta foi uma adaptação do livro escrito pelas irmãs Lise e Ceil Friedman. A obra impressa não é uma história em si, na verdade ela conta sobre o Club de Giulietta, onde as pessoas se propõem a responder cartas que chegam, que é mais ou menos o que se mostra na ficção, só que foi montado um contexto para que houvessem personagens e momentos. "Sophie é uma aspirante a escritora que viaja para a Itália ao lado do noivo Victor, que sonha em ter seu próprio restaurante. Mas ela acaba percebendo que seu noivo está mais interessado nos fornecedores para seu restaurante do que nela. Na cidade, descobre uma antiga carta de amor e junta-se a um grupo de voluntárias que responde estas missivas amorosas. Para sua surpresa, a remetente Claire Smith ouve o conselho dado na resposta e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude. Mas existem muitos italianos com o mesmo nome e Sophie demonstra interesse em ajudá-la na tarefa, desagradando o neto Charlie".
Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é da escritora Sophie Kinsella. A grande e crucial diferença é a coluna da Echarpe Verde, onde ela não é mencionada no livro, mas possui uma grande história no longa metragem. Assim como o foco principal também muda, e passa mais uma comédia romântica. "Nova York. Rebecca Bloomwood é uma garota que adora fazer compras e seu vício a leva à falência. Seu grande sonho é um dia trabalhar em sua revista de moda preferida, mas o máximo que ela consegue é um emprego como colunista na revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando enfim seu sonho está prestes a ser realizado, ela repensa suas ambições".
O Lado Bom da Vida é de Matthew Quick. O suspense contido na obra é revelado quase na metade do filme, o que levou muitas pessoas a o criticarem. Algumas relações também são invertidas e o final é bem concreto, sendo que no livro havia um ar de dúvidas. "Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany, uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros".
Anna Karenina é uma obra de Liev Tolstói. Não há muito o que comentar, já que dizem que uma coisa é bem fiel a outra, ou seja, os fatos, os personagens e a essência permaneceu junto ao filme, mesmo sendo gravado depois de muitos anos. "Século XIX. Anna Karenina é casada com Alexei, um rico funcionário do governo. Ao viajar para consolar a cunhada, que vive uma crise no casamento devido à infidelidade do marido, ela conhece o conde Vronsky, que passa a cortejá-la. Apesar da atração que sente, Anna o repele e decide voltar para sua cidade. Entretanto, Vronsky a encontra na estação do trem, onde confessa seu amor. Ela resolve se separar de Karenin, só que o marido se recusa a lhe conceder o divórcio e ainda a impede de ver o filho deles".

26 comentários:

  1. Garota exemplar eu estou morrendo de vontade de ler , nossa , não assisti o filme para não estragar haha ^^

    www.nataliloure.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre existe esse pensamento né? Eu reflito milhares de vezes antes de ir ver um filme que ainda não tenha lido o livro, parece que acaba o encanto e a vontade de se aprofundar ♥

      Excluir
  2. Já assisti todos os filmes, mas só li a saga crepúsculo, água para elefantes, cartas para julieta e 50 tons de cinza. Quero muito ler garota exemplar, amo esse filme, o livro deve ser demais!!!
    Já deu uma passadinha no meu blog?
    Um beijo!

    www.tresestacoes.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cartas Para Julieta e Água Para Elefantes eu ainda não li, mas tenho vontade ♥ Garota Exemplar parece ser muito bom mesmo, já ouvi várias versões positivas dele e tenho cada vez mais vontade de assistir.

      Excluir
  3. Eu tenho quase todos os livros e já assisti a quase todos os filmes dessa lista! Estou morrendo de vontade de assistir/ler o Garota Exemplar, que já me disseram que é muito bom! Adorei o post <3 Um beijo : *

    (de-lune.blogspot.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também já me disseram várias coisas do filme e do livro também, quero tirar um tempinho para vê-lo já que não encontro o livro por aqui :(
      Que bom que gostou ♥

      Excluir
  4. Eu não sou muito de ler livros sabe, não tenho muito tempo, e me da preguiça. Mas quando assisti garota exemplar eu juro pra ti que sai do cinema e fui comprar o livro!
    Ps: Kelly eu amo seu blog, vi que você esta aberta a parcerias, eu gostaria de preencher uma das vagas <3
    http://www.adeusnostalgia.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então é porque o filme é bom mesmo né? ♥ Nha, que amor, será bem vinda como parceira moça, adoraria tê-la ali.

      Excluir
  5. 50 tons de cinza vive em mim♥♥♥
    Eu sou completamente apaixonada por essa trilogia, já li todos e quero ler de novo e de novo, é increveeeeeel! há espera de 50 tons mais escuros ♥♥

    http://sonhosejovens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu disser que odeio tanto o livro quanto o filme você vai me xingar? Porque eu realmente detesto aiueiauehiueh, mas respeito quem gosta ♥

      Excluir
  6. Desses eu não li nenhum dos livros :o Mas assisti alguns livros filmes e Garota Exemplar é muito empolgante, haha :))

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos falando desse Garota Exemplar, daqui a pouco vou sair correndo aqui para tentar encontrar o livro aiuehiuahe ♥ Parece ser bom mesmo.

      Excluir
  7. Intocáveis e Cartas para Julieta = ♥♥♥♥♥ A Sophie é muito romântica, fofa e real! A amizade desses dois caras também é incrível, o tipo de filme que faz você querer chorar e rir sem parar. Já assisiti Água para elefantes, mas não lembro de nada, mas lembro que gostei kk. Um homem de sorte eu não gostei nem do livro nem do filme, achei muito vago, sem sentido, quem atrevessaria os EUA a pé por causa de uma foto? Achei isso tão forçado... Mas o Zac Efron faz a gente relevar essas coisas hahaha

    http://chuvadejujubas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz chorar horrores, principalmente nas cenas mais bonitinhas e tocantes ♥ E Cartas Para Julieta também, aquela parte que a senhora vai pentear o cabelo dela e tal, me faz um nó na garganta. Pois é, Um Homem de Sorte eu li e até gostei, mas realmente tem coisas que não parecem se encaixar né? Ah, o Zac muda qualquer opinião haha ♥

      Excluir
  8. Da lista eu só li alguns livros da saga Crepúsculo e é claro que me decepcionei um pouco com os filmes. Acho que sempre rola essa 'raivinha' de leitor ao ver que o filme mudou/adaptou alguma parte do livro.

    Beijos da Bru <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tem bastante detalhes que mudam e fazem falta nos filmes da saga. Sempre rola mesmo, porque você imagina o contexto todo bonitinho ♥ e o produtor vai lá e muda tudo. Sacanagem.

      Excluir
  9. Dessa lista os meus preferidos são "Cartas para Julieta" e "O lado bom da vida", mas eu gosto de todos, com exceção de Garota Exemplar que eu ainda não assisti e nem li o livro. Mas quero muito ler e depois assistir.

    Beijos
    Love, Camie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Lado Bom da Vida ainda não tive oportunidade de ver nem de ler o livro, mas tenho vontade apesar das críticas. Cartas Para Julieta é muito amor, também adoro ele ♥

      Excluir
  10. Não consegui terminar de ler O Lado Bom da Vida, nem com reza! Achei o livro muito parado e o filme muito semelhante. Difícil, viu!?
    Os livros das séries Crepúsculo e 50 tons de cinza, são meus favoritos. Claro que algumas coisas mudam do livro pro filme, mas nada exorbitante.


    beijos
    http://jurodemindinho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois muita gente fala isso para mim, que é parado e sem graça, mas ainda sim sinto vontade de ler e tirar essa conclusão sozinha. Mas o filme eu quero ver sim, porque tem a Jennifer Lawrence ♥

      Excluir
  11. Sinceramente? Eu prefiro livros, antes não gostava muito de ler, acho que por não encontrar uma historia que me encantasse a ponto de ler um livro inteiro. Mas depois que encontrei meu gênero de livros, a paixão só faz aumentar a cada página lida.

    Gosto muito de filmes baseados em livros e realmente, sempre tem um motivo que me faz preferir a historia original do livro. Eu imagino cada situação, cada linha e no filme eles quase sempre quebram aquila coisa que eu imaginava sabe? Sem falar que cortam as partes favoritas rs mesmo partes simples, mas que fazem uma bela diferença.

    Gostei de suas indicações, algumas não conhecia. Intocáveis parece ser uma história muito boa.
    Um homem de sorte está na minha listinha rs aiai Sr Grey *-* Prefiro o livro rs do filme só gostei do ator. Sou apaixonada pela Saga Crepúsculo <3 gosto bastante dos filmes, amo os personagens e os atores, embora eu gostei mais dos livros rs contam mais detalhes do que os filmes, mas o último filme <3 esse foi meu favorito.

    Vi o filme Águas para elefantes, mas não li o livro. Gostei do filme, porém não tenho como me basear pelo livro. Eu tô doida pra ver o filme Os Delirios de consumo de Becky Bloom kk meio que me identifico. Já assisti Anna Karenina, não sabia que tinha livro.

    ps: eu falei demais '-'
    Beijinhos :*
    www.vidadebloguette.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem que não prefere livros né? É tudo mais bonito, mais mágico, mais agradável ♥ Verdade, quando nos encontramos parece que tudo tende a melhorar, e ficamos viciados naquilo haha. Intocáveis é uma história linda de morrer, sou encantada pelo filme, apesar de nunca ter lido o livro, sei que não me agrada por ser uma biografia. Ah, Senhor Grey e um encanto, por favor ♥ Tem livro da Anna sim, e a escrita do Tolstói é mais pesada, mas bem detalhada. Falou nada, adoro quando se empolgam comentando.

      Excluir
  12. O unico livro que eu não sabia que tinha livro era Cartas para Julieta, o filme é uma fofura *-*

    http://escritasnachuva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adorei a lista. A maioria dos meus filmes favoritos são derivados de livros, como Cartas Para Julieta. Coloquei seu post no meu "Links da Semana."
    http://www.belablue.com.br/atualidades/links-da-semana-7/
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos meus também são aiuehuahe, acho que é um fato. Ah, que linda, muito obrigada ♥

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤