02 março 2015

Eu não me arrependo

Eu não me arrependo das cartas jogadas ao vento em dias de outono. Eu não me arrependo das letras compostas por músicas de fundo em um banquinho debaixo da árvore. Não me arrependo dos sentimentos prescritos em papéis coloridos que mais pareciam cartas. Não me arrependo do fogo as queimando enquanto me virava para começar um novo caminho. Não me arrependo. A única coisa da qual pesa meu consciente, são as coisas das quais nunca fiz. São as coisas que um dia me rendi a observar e a contar a quantidade de dias que talvez fosse precisar para atendê-las. Coisas que já passaram, que já se foram, que fazem falta.
Ocasiões que nos remetem a pensar um milhão de vezes sobre, e nos confundem com palavras mistas de sensações. Sensações essas que nos fazem refletir no quão estávamos errados, no quão somos indiscretos. Somos bobos por nos arrepender de tanta coisa boa, de tanto sentimento agradável e indispensável. Nos tornamos idiotas ao pensar que um amor mal feito é um arrependimento, que a culpa de tudo isso é exclusivamente dele, e que somos somente pessoas que viraram morada. A culpa é nossa. Nós o fazemos virar um pensamento ruim. Ele não vive por aí vagando de casa em casa a procura de uma coração quente, está dentro do nosso peito e saí somente quando acha conveniente. Está apertado em um cantinho escuro, mas percebe quando nos aceleramos, quando nossas pupilas dilatam, quando alguém está por perto. Vem à tona, mas o transformamos em uma bolinha de lã para gatos, e ao invés de criar uma linha tênue e firme para não arrebentar, deixamos como está.

Nos tornamos idiotas por aceitar viver a vida em condições precárias, e colocar tudo nas costas de outro indivíduo. Temos liberdade de expressão, e por mais vulgarizada que ela esteja, ainda nos serve para alguma coisa. Podemos gritar aos quatro cantos de um quarto fechado, pois ninguém escutará, mas tente falar uma palavra contraditória que todos irão prestar atenção. Somos compostos por urgências. Eu não arrependo das letras proferidas, não me arrependo do que escrevi algum dia, me arrependo somente daquilo que nunca disse, ou que nunca tive oportunidade de falar. Me arrependo de não ter dito um "eu te amo". Me arrependo de não ter me candidatado para algo grandioso. Ou por não ter me pronunciado com palavras mais rudes quando me atacaram com pedras afiadas.

Somos idiotas ao pensar que temos todo tempo do mundo, e nos arrependemos por ter feito algo sem prudência. Pensar é bom, e vale muito comparado a quantidade de falas implícitas que nos machucam. Mas pensar muito se torna corriqueiro e indiferente. Não quero me precaver cem vezes antes de tomar uma atitude, eu quero tomá-la o mais rápido possível, mesmo sabendo que isso talvez vá me ferir, mesmo sabendo que pode me destruir. A vida passa rápido demais, e não quero perder tanto tempo tentando adivinhar o que vai ser certo e o que vai dar totalmente errado. Surpresas servem para isso, não é mesmo? Quero ser surpreendida. Eu não me arrependo do que fiz por impulso. Foram os impulsos mais lindos da minha vida.

Eu sou idiota. Apesar de tudo, me arrependo do que deixei me abalar. Me arrependo de ter me arrependido. Sou fraca, humana, mas isso não justifica, apenas me mostra que preciso ser mais de ferro. Preciso ser mais forte, mais convincente. Aquela famosa frase "se arrependimento matasse, estariam muitos mortos", eu concordo. Mas sabe, não tem coisa mais gratificante do que ver seu erro, consertar e dar o melhor para não se tornar um sentimento desprezível. Eu não me arrependo da vida, do que ela me traz e do que ela me tira.

24 comentários:

  1. Kely adoro seus textos, e fico pensando muito nisso ultimamente sobre coisas que me arrependi por ter medo de fazer, ou achar que teria todo o tempo do mundo para um dia realizar e por fim o tempo passa, você envelhece e parece que as coisas não se encaixam mais como deveriam encaixar.

    Abraços

    www.hipermetropiafashion.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é um dos piores sentimentos. Você saber que tem capacidade, mas tem aquele medo de se entregar ao acaso. Obrigada ♥ Fico feliz quando leio um comentário assim ♥

      Excluir
  2. Oi flor, tudo bem?

    Com certeza, o que mais nos arrependemos é o que não fizemos, das palavras engolidas, dos gestos escondidos e das oportunidades perdida.
    Como sempre, amei o texto <3

    beijos :*
    http://www.descomplicandocosmeticos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fazer algo que queremos por receio realmente é um dos piores arrependimentos, e mais comuns também. Que bom que gostou ♥♥

      Excluir
  3. Completamente apaixonada pelo seu blog!
    Tem trechos que parece que voce cita momentos da nossa vida...
    Parabens pelos textos!
    Um bjao
    www.renatamassa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que linda ♥ Muito obrigada, eu me sinto bem em saber que se identifica ♥

      Excluir
  4. Adorei,muito bom mesmo :D, a minha parte preferida é "Somos bobos por nos arrepender de tanta coisa boa, de tanto sentimento agradável e indispensável. Nos tornamos idiotas ao pensar que um amor mal feito é um arrependimento, que a culpa de tudo isso é exclusivamente dele, e que somos somente pessoas que viraram morada. A culpa é nossa. Nós o fazemos virar um pensamento ruim. "
    Perfeito *-*
    Beijos ^.^
    www.littlewonderscrm.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, e que se identificou com essa parte ♥♥ Muito obrigada.

      Excluir
  5. "Pensar é bom, e vale muito comparado a quantidade de falas implícitas que nos machucam"
    Adorei seu texto muito bom ! http://adolescenciasblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada menina, me sinto bem em saber que gostou ♥

      Excluir
  6. Moça, já penseu em escrever um livro? (Se é que já não tens um). Tua escrita é muito fluida, adorei o texto, mistura alguns pensamentos comuns a todos, algumas frases conhecidas, porém escritas de maneira totalmente diferente e inédita. Adorei :*
    www.moniitorando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de escrever um sim, mas ainda não tive tempo de parar para pensar em um assunto, quem sabe esse ano saia alguma coisa ♥ Nha, que linda, muito obrigada, eu fico muito feliz em saber que tenha gostado e achado "inédito" haha ♥

      Excluir
  7. Quando eu vi o tamanho do texto confesso que deu uma preguiça de ler... mas ai vi uma frase aqui, outra ali e não resisti, li tudo! Você escreve muito bem!!

    É a minha primeira vez aqui e eu adorei. Vi que você esta com uma vaga de parceria, se quiser fazer parceria com o meu blog me deixa comentário lá falando ;)


    Beijos, Emy!
    BlogInstagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o tamanho realmente é um pouco grande, mas você leu, olha só o tamanho da minha alegria com isso ♥♥ Muito obrigada, e respondi sobre a parceria no seu e-mail ♥

      Excluir
  8. Você participou da pesquisa no grupo do facebook, e seu blog foi selecionado entre os 10 melhores!!
    PARABÉNS, eu amei seu blog ♥♥

    http://www.universodasmulheres.com/2015/03/top-10-blogs-desconhecidos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, sério? Muito obrigada, vou olhar seu post ♥

      Excluir
  9. Sempre que me pego repensando alguma decisão que tomei com receio ou dúvida tempo me policiar a pensar que o que passou passou e eu não devo me arrepender de coisas que já fiz e que me trouxeram até onde eu estou hoje. E eu estou bem, e isso é importante.

    Acredito no arrependimento quando a coisa é seria, e o caso é grave, porém ele não vai fazer o erro desaparecer. Mais do que se arrepender, é preciso aceitar, melhorar e seguir em frente.

    Ótimo texto :D

    Beijo

    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo moça. Precisamos sempre dar continuidade, mesmo que tal coisa não seja do nosso agrado, pois não vale se arrepender de tudo ♥ Obrigada

      Excluir
  10. Caraca, VC escreve bem pra caramba..
    Gostei muito do texto e concordo com VC que temos que nos arrepender do que não fizemos..
    Big bjo
    www.makeeando.con

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ♥ Se não fizemos, ainda temos chances né? Então nem sempre também vale se arrepender por isso. Mas há algumas exceções.

      Excluir
  11. Muito bom.....que talento!!! Você já tem o rascunho do seu livro...é só juntar os seus artigos do blog!!! Parabéns, quando eu puder te pagar te contrato para escrever no meu blog......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, se pensar assim, realmente, já tenho meu rascunho ♥ Ah, que isso, seria uma honra escrever no seu blog.

      Excluir
  12. Esse post veio para me lembrar que eu não me arrependo de ter começado tudo do zero em um novo país, mesmo que isso tenha me custado algumas regalias como não estar perto dos meus pais e amigos, porém tudo na vida tem seu bom e ruim. Se tivesse que fazer tudo de novo, o faria.

    Gisley Scott
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começar do zero deve ser uma escolha incrível, apesar de assustadora, como você disse. É tão bom saber que decidisse por isso, e agora estás certa de que foi uma boa ideia ♥

      Excluir

Design e conteúdo por Kelly Mathies | Tecnologia do Blogger | Com amor ❤